Hackers invadem canal da cantora Pabllo Vittar

Por Redação | 28 de Agosto de 2017 às 11h25

O canal da cantora Pabllo Vittar foi invadido na madrugada desta segunda-feira (28). O espaço sofreu desfiguração, tendo a imagem de perfil substituída por uma do deputado federal Jair Bolsonaro, enquanto o clipe da canção K.O., que já havia ultrapassado a marca de 100 milhões de visualizações, foi excluído.

Além disso, os hackers também fizeram o upload de três vídeos, mas eles foram retirados do ar após acumularem alguns milhares de visualizações. Neles, estavam mensagens que faziam referência ao Facebook e a personagens de Pokémon, além de uma paródia da música Open Bar, da própria Vittar, mas com letras alteradas e mensagens que fazem alusão à pedofilia.

Canal da cantora Pabllo Vittar permaneceu desfigurado na manhã de segunda (28).

Um dos clipes também afirmava que o canal havia sido invadido pelo grupo Sh4dowNetwork. Ainda durante a madrugada de hoje, entretanto, por meio de sua conta de Twitter, o coletivo afirmou não ter relação alguma com o caso, para depois, divulgar a identidade e informações de quem acredita ter sido o responsável.

O grupo aponta alguém autointitulado como RKZ como o responsável pela invasão. Junto com essa informação, também foram revelados outros dados, como o ID do suposto hacker no Skype, sua conta no Steam, IP, provedor de serviços de internet e localização na cidade de Goiânia (GO).

Até o momento da publicação deste texto, Pabllo Vittar não havia comentado sobre o assunto. As contas da cantora nas redes sociais também permanecem seguras, aparentemente, ou pelo menos não foram vítimas de desfiguração ou alterações que possam indicar uma invasão.

Atualização: a Sony Music Brasil emitiu nota em seu perfil oficial no Facebook dizendo o seguinte: 

Em decorrência aos ataques virtuais realizados na madrugada dessa segunda-feira, a assessoria da artista Pabllo Vittar informa que já está tomando providências legais e técnicas para a regularização do seu canal oficial no Youtube.

A equipe da cantora e a gravadora Sony Music Entertainment Brasil estão trabalhando junto ao Google para recuperar o acesso à página. Os conteúdos que haviam sido deletados, entre eles o clipe de “K.O.”, já foram recuperados.

Confira o post na íntegra:

Fonte: Pabllo Vittar (YouTube), Sh4dowNetwork (Twitter)