Hackers do Anonymous divulgam dados privados de Donald Trump na web

Por Redação | 18.03.2016 às 13:05

Os hacktivistas do Anonymous prometeram “guerra total” a Donald Trump, pré-candidato do Partido Republicano com mais chances de concorrer à presidência dos Estados Unidos neste ano — e as últimas ações do grupo mostraram que eles não estavam blefando. Ontem (17), os hackers divulgaram na web uma série de dados privados do candidato republicano, como números de telefone celular e do seguro social, bem como outras informações não tão secretas, como o nome de seus filhos e também do seu advogado.

As informações foram veiculadas nas plataformas Pastebin.com e Ghostbin.com (o link original já está fora do ar), onde os textos ficam disponíveis por período pré-determinado de tempo. Além disso, divulgaram ainda um vídeo do YouTube no qual falam sobre a sua mais recente operação contra o polêmico candidato.

“Donald Trump definiu as suas ambições sobre a Casa Branca a fim de promover a agenda do fascismo e da xenofobia, bem como da perseguição religiosa aos muçulmanos por meio de políticas totalitárias”, afirma um membro do Anonymous no vídeo. A fala do mascarado ainda destaca algumas propostas pouco humanitárias de Trump relacionadas à imigração ou à sua intenção de registrar todos os muçulmanos dos Estados Unidos.

“Agora é hora de nos unirmos para combater o fascismo e mostrar que estamos decididos a parar qualquer proposta de Quarto Reich pelo fascista Donald Trump”, prossegue o vídeo, fazendo referência ao Terceiro Reich alemão do ditador nazista Adolph Hitler. “Anexo estão alguns presentes capazes de fazer vocês investigarem este projeto de ditador de forma independente. Eles são oferecidos apenas para propósitos informacionais”, complementa. “Faça com eles o que quiser, tendo em mente que apenas você é responsável por suas ações.”

Fonte: Mic.com