Hackers divulgam informações confidenciais de atletas olímpicos

Por Redação | 15 de Setembro de 2016 às 16h55
photo_camera Divulgação

No início desta semana, um grupo de hackers russos conhecido como APT28 e Fancy Bear divulgou informações médicas confidenciais de competidores olímpicos. Agora, a Agência Mundial Antidoping (Wada) informou que outra leva de dados sobre atletas foi vazada pelo mesmo grupo.

Os afetados desta vez foram 25 atletas de Estados Unidos, Alemanha, Reino Unido, República Tcheca, Dinamarca, Polônia, Romênia e Rússia. Anteriormente, dados das atletas norte-americanas Simone Biles, Elena Delle Donne e Serena e Venus Williams haviam sido publicados.

"A Wada está bastante ciente que desse ataque criminoso, que até o momento expôs irresponsavelmente dados pessoais de 29 atletas, será perturbador para os atletas que foram visados; e que causa apreensão aos atletas que se envolveram na Olimpíada do Rio de Janeiro de 2016", disse o diretor-geral da Wada, Olivier Niggli, por meio de um comunicado.

Para a Wada, os hackers conseguiram acesso ao seu sistema de administração e gerenciamento antidoping por meio de uma conta criada pelo Comitê Olímpico Internacional para a Rio 2016. A Agência também lamentou os ataques e garantiu que está "recebendo informações de inteligência e aconselhamento das agências da lei e de segurança de TI de mais alto nível".

Fonte: Reuters

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.