Hacker pode ter roubado 1,2 bilhão de senhas em 420 mil sites

Por Redação | 25 de Novembro de 2015 às 15h23

De acordo com um documento do FBI, um hacker pode ter cometido um dos maiores roubos de senhas online já registrados na história. Os documentos judiciais indicam que o cibercriminoso conhecido como "mr.grey" pode ter interceptado 1,2 bilhão de credenciais da internet que incluiria senhas de contas do Facebook e Twitter. A atividade foi descoberta por uma empresa de cibersegurança nos Estados Unidos em agosto de 2014.

Segundo as informações obtidas, o criminoso está localizado na Rússia e foi responsável por roubar dados de mais de 420 mil sites. Os documentos, que foram divulgados na semana passada por um tribunal federal em Milwaukee, fornecem informações suficientes para deduzir que este pode ser o maior ataque de roubo de dados da história da internet.

A partir da descoberta, o FBI começou suas investigações e, junto com a empresa de segurança digital, obteve informações que levam ao grupo de hacker russo apelidado de CyberVor. Foram mais de 500 milhões de endereços de e-mails coletados. O FBI também encontrou uma lista de nomes, domínios e ferramentas que os investigadores acreditam que foram utilizados para enviar spams.

As investigações, que duraram diversos meses, também revelaram uma série de mensagens enviadas em fóruns de hackers russos em novembro de 2011, oferecendo dados de conta de usuários do Facebook, Twitter e da rede social russa VK. Nenhuma das empresas emitiu qualquer comentário sobre o caso.

Ainda não se sabe exatamente como "mr. grey" obteve acesso a enorme quantidade de dados. No entanto, o mais provável é que as informações tenham sido roubadas por meio de infecções de malwares e vírus em computadores.

Fonte: Reuters

Fonte: http://www.reuters.com/article/2015/11/24/us-usa-cyberattack-russia-idUSKBN0TD2YN20151124?feedType=RSS&feedName=technologyNews#RqRqHOtIiQ22jHFP.97

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!