Estados Unidos capturam um dos hackers responsáveis pelo malware Mirai

Por Redação | 13 de Dezembro de 2017 às 16h31
photo_camera Business Insider

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos capturou um dos hackers envolvidos na criação e dissemininação do malware Mirai, que invadiu os computadores e dispositivos conectados à Internet das Coisas no fim de 2016 e se alastrou por este ano.

Paras Jha aceitou se declarar culpado das acusações de crimes cibernéticos, segundo documentos federais disponíveis no Alasca. Empresas especializadas em segurança digital disseram que o malware foi desenvolvido na China.

O Mirai era um bot baseado em Windows que invadia equipamentos conectados à internet, como webcams. Esses aparelhos eletrônicos se transformavam em um exército digital de bots, que eram distribuídos em ataques a sites e à infraetrutura da internet.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A ação desses robôs derrubou vários sites desde o fim do ano passado. Em outubro de 2016, o ataque a uma infraestrutura bloqueou o acesso a sites como Twitter, Paypal e Spotify.

Fonte: CNBC

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.