Brecha de segurança na polícia de Los Angeles expõe dados de 20 mil pessoas

Por Felipe Demartini | 30 de Julho de 2019 às 12h03
georgeclerk/Getty Images

O departamento de polícia de Los Angeles foi alvo de um ataque que expôs os dados de 20 mil pessoas. No total, 2,5 mil oficiais, entre policiais, trainees e recrutas, e outros 17,5 mil aspirantes tiveram informações como nomes completos, datas de nascimento, credenciais de acesso aos sistemas e números parciais de registro obtidos por invasores, em uma brecha de segurança que aconteceu no setor de recursos humanos da prefeitura da cidade americana.

Essas são apenas as informações parciais sobre o caso, já que, de acordo com um porta-voz da prefeitura, falando a uma rede de televisão local, os hackers podem ter acessado ainda mais informações, que ainda não foram localizadas. O caso teria acontecido na última semana, com os atingidos sendo informados entre sábado (27) e domingo (28), com as notícias sendo publicadas na imprensa logo depois.

O estranho da história toda é que, de acordo com o relato oficial do diretor geral do departamento de polícia Ted Ross, o próprio hacker teria entrado em contato com a corporação para informar o acesso e o download dos dados, apresentando provas do volume vazado como comprovação. Todos os dados, afirmou ele, faziam parte do programa de registro da instituição, ou seja, mesmo para os oficiais as informações disponíveis eram aquelas cadastradas no momento em que eles aplicaram para a vaga na força.

Por mais que os dados vazados em si não sejam tão sensíveis, a polícia de Los Angeles pediu cautela aos atingidos, tanto pela iminência de que mais informações sejam descobertas como extensão do incidente, quanto para a possibilidade de fraudes. A recomendação é que todos fiquem de olho em extratos bancários e faturas de cartão de crédito, além de registrarem ocorrências caso detectem eventuais problemas.

Além disso, crescem os temores quanto a ataques direcionados, principalmente contra os oficiais, seja para obtenção de dinheiro ou por meio de ameaças. A polícia de Los Angeles promete divulgar mais informações sobre o caso na medida em que elas estiverem disponíveis, enquanto também toma as medidas necessárias para garantir que as informações estejam mais seguras daqui em diante.

Mesmo com um número limitado de ocorrências, a brecha é considerada como o maior incidente de segurança já enfrentado pela cidade californiana. O sindicato dos policiais do município pediu medidas urgentes não apenas para acabar com as falhas na segurança, mas também para proteger os oficiais, com serviços de proteção de crédito e monitoramento de identidade de forma a identificar possíveis fraudes ou golpes.

Fonte: NBC Los Angeles

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.