Sistema de 'League of Legends' é hackeado e usuários têm informações expostas

Por Redação | 21 de Agosto de 2013 às 14h38
photo_camera Riot Games

Hackers violaram o sistema de um dos jogos online mais populares do mundo, o 'League of Legends'. A Riot Games, desenvolvedora do título, confirmou nesta terça-feira (20) que alguns nomes de usuários, endereços de e-mail, senhas criptografadas e até mesmo alguns números criptografados de cartões de crédito foram acessados. As informações criptografadas são de certa forma protegidas, mas os usuários que possuem senhas fracas podem ter seus dados mais suscetíveis, avisou a desenvolvedora.

Os usuários afetados são somente aqueles que residem na América do Norte e, embora seja alarmante o fato de dados de cartões terem sido acessados, eles se referem apenas a registros de 2011 e anteriores. "Estamos investigando que cerca de 120 mil registros de transações de 2011 que contêm dados sensíveis criptografados de cartões de crédito foram acessados", afirmou a empresa em seu blog oficial. "O sistema de pagamento relacionado com esses registros não é usado desde julho de 2011, e este tipo de informação de pagamentos com cartões de crédito não tem sido coletada por nenhum sistema da Riot desde então".

Segundo o CNET, a Riot não é a única desenvolvedora de jogos que sofreu um ataque hacker. Em 2011, o grupo LulzSec reinvindicou a responsabilidade sobre um ataque ao ZeniMax, que produz jogos como 'Fallout 3', 'Doom' e 'Quake'. A Ubisoft, produtora da franquia 'Assassin's Creed' também sofreu ataques mais de uma vez e, em julho deste ano, uma falha de segurança em seu sistema permitiu que hackers acessassem nomes de usuários, e-mails e senhas criptografadas.

Quanto a Riot, a empresa informou que está instituindo novas características de segurança, tais como a verificação de e-mail e autenticação de dois fatores, e também está solicitando que seus usuários modifiquem suas senhas de acesso para "as mais fortes e difíceis de adivinhar possíveis". "Estamos tomando as providências necessárias para informar e proteger os jogadores afetados", disse. "Vamos entrar em contato com esses jogadores por e-mail para alertá-los. Nossa investigação está em curso e vamos tomar todas as medidas necessárias para proteger os jogadores".

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.