Polícia italiana detém quatro em operação contra hackers do Anonymous

Por Redação | 17.05.2013 às 14:01

A polícia da Itália liderou nesta sexta-feira (17) uma operação contra hackers do grupo Anonymous depois de ataques virtuais contra o governo do país e o Vaticano, como informou o CNAIPIC (Centro Nacional de Combate aos Crimes Virtuais e para Proteção das Infraestruturas Críticas). Ao todo, quatro pessoas foram presas e dez casas invadidas na operação. Quem informou foi a AFP.

A operação, intitulada Tango Down, cobriu todo o território italiano e foi coordenada diretamente do gabinete geral do Ministério Público do país, loalizado em Roma. Mesmo com a estrutura descentralizada do Anonymous, as autoridades locais afirmam que as quatro pessoas presas são líderes italianos do grupo internacional e são responsáveis por atacar infraestruturas estratégicas do governo e empresas.

Nesta semana, o Anonymous anunciou a criação de uma rede social para os seus apoiadores em todo o mundo bem ao estilo do Facebook, o AnonySocial. O objetivo com a nova página é aproximar, reunir e incentivar a comunicação entre os membros e simpatizantes do grupo espalhados pelo mundo todo.