Hackers do Anonymous ameaçam atacar durante a Copa do Mundo

Por Redação | 27 de Fevereiro de 2014 às 17h27

Hackers do grupo ativista digital Anonymous revelaram que já estão fazendo planos para a realização de uma série de ataques virtuais durante a Copa do Mundo 2014, marcada para acontecer no Brasil em junho. O objetivo é protestar e aproveitar o momento em que todos os olhos do mundo estarão voltados para o nosso país.

Entre as ameaças feitas pelos hackers estão os ataques de negação de serviço, que sobrecarregam servidores com milhares de acessos simultaneamente até derrubá-los, e a invasão para descaracterização de páginas. Sites institucionais e de empresas que estão patrocinando o Mundial estão entre os alvos previstos.

Essa é mais uma na lista de problemas enfrentados pelo país na antecipação à Copa, unindo-se a obras fora do prazo de conclusão, gastos exorbitantes, infraestrutura ineficiente e o risco iminente de protestos civis relacionados a tudo isso. O governo afirma estar se preparando para ocorrências desse tipo, mas, para especialistas, a realização de ciberataques é apenas uma questão de tempo.

Eles apontam, por exemplo, a falta de atenção à estrutura de telecomunicações nacional, que estaria sobrecarregada e prestes a receber uma carga extra com a chegada de estrangeiros que vêm ao país para assistir aos jogos. Além disso, segundo reportagem publicada pela Reuters, o Brasil é casa de uma das redes de hackers mais sofisticadas do mundo, aumentando ainda mais os riscos.

Para responder a isso, o Exército criou um centro de defesas especializado em ataques digitais, que deve atuar durante a Copa do Mundo para repelir a ação do Anonymous e de outros grupos dedicados a invadir e roubar dados confidenciais. As autoridades locais, porém, não esperam ocorrências sérias durante o evento.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.