Governo russo é principal suspeito de ataque hacker à NASDAQ

Por Redação | 18 de Julho de 2014 às 16h25

Em 2010, a NASDAQ, bolsa de valores dos Estados Unidos especializada em ações de empresas da área da tecnologia, foi vítima de um ataque hacker. No entanto, o assunto só tornou-se público graças a uma reportagem realizada ontem (17) pela Bloomberg Businessweek, que relatou as investigações realizadas separadamente pelo FBI, CIA e NSA.

As investigações concluíram parcialmente que é praticamente impossível descobrir exatamente quem está por trás do ataque que aconteceu há cerca de quatro anos. A grande desordem nos registros da NASDAQ na época dificultou o trabalho das autoridades responsáveis pela investigação. No entanto, foram encontrados rastros de vários ataques em anos anteriores sem que a bolsa de valores tenha tomado providências.

A Businessweek reportou que a compra e venda de ações poderia ter sido influenciada e comprometida por causa dos ataques na época. O antigo chefe da NASDAQ, porém, afirmou que o ataque não conseguiu alcançar os sistemas de venda e compra de ações na ocasião e que, por isso, acionistas não precisariam se preocupar com o que aconteceu. Ao contrário do que o ex-responsável da bolsa de valores afirma, parece claro que a desordem nos registros e o descaso da NASDAQ para com sua segurança teriam sido as principais dificuldades para se encontrar os verdadeiros culpados pelo ataque.

Mesmo diante da complexidade em encontrar evidências e pistas sobre o crime, os investigadores declararam que o malware foi elaborado minuciosamente e que ele não poderia ser trabalhado por hackers independentes. Daí, imagina-se que algum grupo ou instituição esteja por trás dos ataques. Uma suspeita levantada foi que o malware foi criado pelo governo da Rússia, visto que a arquitetura do software é equivalente ao desenvolvido pelo governo russo.

Apesar disso, é possível que outro país tenha realizado modificações e utilizado o malware, talvez aderindo à arquitetura russa para dificultar ainda mais as investigações. Caso essa segunda teoria seja a verdadeira, os investigadores supõem que o governo da China esteja por trás destes crimes.

A terceira possibilidade levantada pelos investigadores é de que a própria NSA tenha realizado o ataque à NASDAQ. Diante dessa hipótese, a ligação do malware com o governo russo também faria parte da estratégia da agência, que também exagerou nas dimensões sobre o perigo do ataque. Um dos motivos que poderiam ter levado a NSA a realizar esse tipo de ação é ter o aval para poder investir em segurança e espionagem.

As investigações ainda não estão concluídas e, ao que parece, a dificuldade em apurar as informações pode ser um sério empecilho para que possa ser encontrado, de fato, o verdadeiro culpado pelos ataques de 2010.

Fonte: http://www.tecmundo.com.br/ataque-hacker/59276-bolsa-valores-nasdaq-hackeada-malware-russo.htm

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.