Funcionário da Reuters é acusado de ajudar Anonymous a hackear Los Angeles Times

Por Redação | 15 de Março de 2013 às 15h55

Matthew Keys, vice-editor de mídias sociais da agência de notícias Reuters, foi acusado de ajudar o grupo hacktivista Anonymous a invadir computadores do Tribune Company, um conglomerado de mídia dos Estados Unidos.

Pesam sobre Matthew três acusações criminais, entre elas conspiração para transmitir informações com intenção de danificar um computador protegido. A estação de TV Fox e o jornal Los Angeles Times, ambos de propriedade da Tribune, teriam sido os alvos.

A acusação alega que, em dezembro de 2010, membros do Anonymous expressaram seu desejo de ter acesso aos sistemas da Fox. Matthew, que já havia trabalhado na KTXL Fox 40, se identificou como um ex-funcionário da companhia e forneceu seu nome de usuário e senha para o grupo de hackers.

O login foi usado para fazer logon nos servidores do Tribune e, pouco tempo depois, membros do Anonymous modificaram o conteúdo de uma reportagem do Los Angeles Times no site do jornal. A Reuters diz que o fato aconteceu dois anos antes de Matthew ser contratado pela empresa.

"Qualquer violação legal, ou falta de obediência com o rigoroso conjunto de princípios e padrões da companhia, pode resultar em uma ação disciplinar. Gostaríamos também de observar que a acusação alega que a conduta ocorreu em dezembro de 2010, o Sr. Keys ingressou na Reuters em 2012, e enquanto as investigações continuarem, não comentaremos mais nada", disse um porta-voz da Reuters. A empresa não especificou se alguma medida administrativa foi tomada contra o funcionário.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.