Dados de cartões de crédito de clientes da Barnes & Noble são roubados

Por Redação | 24 de Outubro de 2012 às 11h50
photo_camera Gev

Clientes que fizeram compras recentes em uma das lojas da Barnes & Noble espalhadas pelos Estados Unidos podem ter tido seus dados de cartões de crédito roubados por hackers. Entre as 63 lojas que foram alvo do ataque estão as localizadas em Nova York, San Diego, Miami e Chicago. As informações são do The New York Times.

A empresa descobriu o ataque por volta do dia 14 de setembro, porém, manteve a informação em sigilo a pedido do Departamento de Justiça norte-americano, enquanto o FBI não concluísse a investigação e pudesse determinar os responsáveis pelo ataque.

O golpe aconteceu com a invasão dos teclados posicionados na parte da frente das caixas registradoras, extamente o espaço utilizado pelos clientes para passarem seus cartões de crédito e digitarem suas informações pessoas e/ou senhas.

Barnes & Nobles

A empresa manteve o sigilo sobre o ataque a pedido do governo norte-americano

A Barnes & Noble reconheceu sua falha de segurança que facilitou a ação de cibercriminosos e ainda aconselhou os clientes que compraram no último mês em uma de suas lojas a mudar suas senhas e bloquear suas contas contra transações não autorizadas. Um porta-voz da empresa afirmou que os hackers utilizaram as informações roubadas para realizar compras não autorizadas ao longo do mês de setembro, mas que a incidência dessas compras havia diminuído com o passar das semanas.

Sobre o fato de não terem comunicado seus clientes de imediato, o porta-voz contou à reportagem que a Barnes & Noble já havia enviado um comunicado às operadoras de cartões de crédito sobre o ocorrido. "Agimos da forma estipulada pelo governo norte-americano e eles nos disseram especificamente para não divulgar, e nós temos cumprido", ressaltou o porta-voz.

Para determinar os responsáveis pelo ataque, a empresa retirou os mais de sete mil teclados instalados em suas diversas lojas e os encaminhou para análise. No entanto, ficou determinado que apenas um teclado das 63 lojas atingidas havia sido infectado, mas, por enquanto, a empresa não reinstalou os dispositivos.

Os clientes que quiserem efetuar o pagamento de suas compras em uma das lojas da rede usando cartões de crédito ou débito deverão se dirigir ao caixa e não mais usar o autoatendimento. A Barnes & Noble ainda afirma que suas lojas em faculdades, a loja online, o aplicativo Nook e seu banco de dados de clientes não foram afetados pelos hackers.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.