Coreia do Norte acusa Estados Unidos de serem responsáveis por ataque hacker

Por Redação | 15 de Março de 2013 às 16h25

O governo da Coreia do Norte afirmou nesta sexta-feira (15) que acredita que os Estados Unidos foram os responsáveis por um ataque hacker contra o país asiático, que paralisou seus servidores de internet. O anúncio foi feito depois de os principais veículos de comunicação do país terem sido interrompidos. As informações são da agência de notícias Reuters.

A agência de notícias russa Itar-Tass afirmou que "um poderoso ataque hacker do exterior" derrubou os servidores da Coreia do Norte, o que impediu que muitos internautas acessassem alguns sites locais. A acusação do governo local contra os Estados Unidos surge em um momento de conflito entre as duas nações, com o país ocidental apoiando a Coreia do Sul e sendo contrário aos exercícios nucleares norte-coreanos.

"Não é segredo para ninguém que os Estados Unidos e o regime fantoche sul-coreano estão maciçamente reforçando as forças cibernéticas em um esforço para intensificar atividades subversivas e sabotagens contra a RPDC (sigla oficial da Coreia do Norte)", afirmou a agência de notícias oficial do país, a KCNA. "Intensos e persistentes ataques com vírus estão sendo feitos diariamente contra os servidores de internet operados pela RPDC".

PECHINCHAS, CUPONS, COISAS GRÁTIS? Participe do nosso GRUPO DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Entre os veículos mais afetados pelos ataques estão o site da KCNA e do jornal Rodong Sinmun. No entanto, as duas páginas já podem ser acessadas normalmente no país hoje (15). A Coreia do Norte, por sua vez, também é acusada de espalhar softwares maliciosos para atingir páginas de órgãos governamentais estrangeiros, atitude negada pelas autoridades do país.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.