Apple afirma que computadores de funcionários foram alvo de ataques de hackers

Por Redação | 19 de Fevereiro de 2013 às 17h19
Tudo sobre

Apple

Uma série de ataques cibernéticos estão afetados grandes empresas norte-americanas e agências de notícias, e nesta terça-feira (19), a Apple afirmou que os computadores dos seus funcionários foram invadidos pelos mesmos hackers que atacaram o Facebook na última semana. Aparentemente, nenhum dado da empresa foi roubado ou levado a público. As informações são da Reuters.

Em comunicado oficial, a Apple afirmou que descobriu que o ataque partiu de um malware que infectou o plug-in do Java e foi distribuído a partir de um site para desenvolvedores de software. A companhia também informou que irá lançar um pacote de atualização de segurança em caráter de urgência ainda hoje (19) para evitar que os computadores dos seus usuários também sejam infectados.

A Apple acaba de entrar para a lista de empresas norte-americanas atacadas por um possível grupo hacker originário da China, que tem como alvo o The New York Times, Facebook, Washington Post e The Wall Street Journal. E o Times afirmou em uma recente reportagem que os ataques podem estar sendo enviados a partir de um edifício empresarial em Xangai, China, com laços com o Exército Popular da Libertação – as autoridades chinesas negam qualquer relação do governo ou do exército com os ataques.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Os primeiros ataques foram identificados nos escritórios do The New York Times com os funcionários tendo suas senhas corporativas roubadas, o que garantiu o acesso a dados pessoais e confidenciais de repórteres e outros empregados. A Maçã afirmou que apenas "um pequeno número de sistemas" foi infectado antes que o vírus fosse isolado.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.