Apple afirma que computadores de funcionários foram alvo de ataques de hackers

Por Redação | 19.02.2013 às 17:19

Uma série de ataques cibernéticos estão afetados grandes empresas norte-americanas e agências de notícias, e nesta terça-feira (19), a Apple afirmou que os computadores dos seus funcionários foram invadidos pelos mesmos hackers que atacaram o Facebook na última semana. Aparentemente, nenhum dado da empresa foi roubado ou levado a público. As informações são da Reuters.

Em comunicado oficial, a Apple afirmou que descobriu que o ataque partiu de um malware que infectou o plug-in do Java e foi distribuído a partir de um site para desenvolvedores de software. A companhia também informou que irá lançar um pacote de atualização de segurança em caráter de urgência ainda hoje (19) para evitar que os computadores dos seus usuários também sejam infectados.

A Apple acaba de entrar para a lista de empresas norte-americanas atacadas por um possível grupo hacker originário da China, que tem como alvo o The New York Times, Facebook, Washington Post e The Wall Street Journal. E o Times afirmou em uma recente reportagem que os ataques podem estar sendo enviados a partir de um edifício empresarial em Xangai, China, com laços com o Exército Popular da Libertação – as autoridades chinesas negam qualquer relação do governo ou do exército com os ataques.

Os primeiros ataques foram identificados nos escritórios do The New York Times com os funcionários tendo suas senhas corporativas roubadas, o que garantiu o acesso a dados pessoais e confidenciais de repórteres e outros empregados. A Maçã afirmou que apenas "um pequeno número de sistemas" foi infectado antes que o vírus fosse isolado.