Anonymous se posiciona contra o governo da Síria e anuncia guerra virtual

Por Redação | 30 de Novembro de 2012 às 15h12

O grupo hackerativista Anonymous declarou uma guerra virtual contra o Governo da Síria em resposta ao suposto boicote das autoridades contra a Internet no país.

Na quinta-feira (29) a Síria sofreu um apagão em seus meios de comunicação, o que fez com que a conexão à Internet parasse de funcionar. Muitos acreditam que isso foi um golpe para tentar calar os opositores do presidente Bashar al-Assad.

Segundo informações da revista Exame, às 8h (horário de Brasília) dessa sexta-feira a equipe de hackers conseguiu derrubar o site da embaixada da Síria na Bélgica, porém a página da embaixada do país na China permaneceu no ar mesmo após os ataques.

Esse seria o segundo alvo da operação do grupo, que visa tirar do ar todos os sites que pertençam ao governo do presidente Bashar al-Assad fora da Síria. A revista destaca que muitos sites de ministérios sírios permanecem fora do ar, mas ainda não se sabe se existe relação com o ataque do Anonymous ou com o apagão.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.