Twitch pede desculpas por live de atentado antissemita na Alemanha

Por Fidel Forato | 09 de Outubro de 2019 às 22h40
G1

Um homem armado transmitiu, ao vivo, um ataque antissemita próximo a uma sinagoga alemã, na cidade de Halle, onde matou duas pessoas. Ele usou a plataforma Twitch, velha conhecida dos gamers.

A 170 quilômetros da capital Berlim, o ataque de hoje (9) é simbólico, por acontecer durante o Yom Kipur, considerado o dia mais sagrado da fé judaica. O assassino, equipado com uma câmera na cabeça, tentou, sem sucesso, entrar em uma sinagoga, na cidade de Halle, antes de matar duas pessoas e ferir outras duas nas proximidades.

Atentado anti-semita na Alemanha (Fonte: Variety)

Segundo a polícia, um suspeito foi preso no incidente, mas o suposto atirador e as vítimas ainda não foram identificados. Como foi ouvido no vídeo da Twitch, o anti-semita proferiu discurso de ódio, o que foi corroborado com relatos da mídia alemã.

Em comunicado, a Twitch afirma ter tolerância zero a conteúdos de ódio e se diz "chocada e entristecida" pelos assassinatos. Ela ainda afirma que o vídeo gravado será retirado do ar.

"A Twitch tem uma política de tolerância zero contra conduta odiosa, e qualquer ato de violência é levado extremamente a sério. Trabalhamos com urgência para remover esse conteúdo e suspenderemos permanentemente todas as contas que postarem ou repassem conteúdo deste ato repugnante", tuitou a plataforma.

Fonte: Variety

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.