Primeiro modelo brasileiro do caça Gripen será entregue à FAB em 2024

Por Rafael Rodrigues da Silva | 03 de Abril de 2019 às 20h20

Nesta quarta-feira (3), a Embraer revelou o cronograma de fabricação da versão brasileira do caça Gripen, que será construído na fábrica da empresa em Gavião Peixoto, interior de São Paulo. De acordo com o cronograma, a Força Aérea Brasileira (FAB) receberá o primeiro exemplar do caça fabricado em solo brasileiro em 2024.

O modelo brasileiro do Gripen é uma parceria em conjunto da Embraer com a Saab, empresa sueca que desenvolveu o primeiro modelo da aeronave. Ao contrário do projeto sueco, que é de um avião monoposto (com apenas um lugar), o projeto brasileiro do Gripen é de um avião biposto (dois lugares). Ambas as empresas trabalharão em conjunto para entregar os 36 caças encomendados pela FAB, tendo sido encomendadas 28 unidades do modelo monoposto e 8 do modelo biposto, e o primeiro desses aviões deverá ser entregue à Força Aérea em 2021.

De acordo com Jonas Hjelm, vice-presidente sênior da Saab, o Gripen brasileiro não está sendo desenvolvido exclusivamente para a FAB, e a parceria entre a companhia brasileira e a sueca prevê não apenas a participação conjunta em campanhas internacionais, mas também a negociação com compradores, e ambas as empresas já estariam conversando com potenciais clientes para a venda do modelo do caça fabricado no Brasil.

Modelo atual do Gripen, com espaço para apenas um piloto no cockpit. Projeto desenvolvido no Brasil terá espaço para dois pilotos (Imagem: Saab)

Além disso, Jackson Schneider, presidente da Embraer Defesa e Segurança, revelou que a empresa já está em conversas adiantadas para a venda do avião cargueiro KC-390 para a Força Aérea de Portugal. O avião brasileiro, que tem capacidade de transportar até 26 toneladas de carga, também teve 28 unidades encomendada pela FAB, e a Embraer confirmou que irá entregar os dois primeiros dessa leva ainda em 2019.

A parceria entre a Embraer e a Saab para o desenvolvimento de um modelo brasileiro do Gripen começou em 2013, quando ambas as empresas venceram a concorrência para a substituição da frota atual de caças da FAB.

Cargueiro KC-390, maior avião produzido pela Embraer no país (Imagem: Embraer)

Fonte: Exame

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.