Primeiro modelo brasileiro do caça Gripen será entregue à FAB em 2024

Por Rafael Rodrigues da Silva | 03 de Abril de 2019 às 20h20

Nesta quarta-feira (3), a Embraer revelou o cronograma de fabricação da versão brasileira do caça Gripen, que será construído na fábrica da empresa em Gavião Peixoto, interior de São Paulo. De acordo com o cronograma, a Força Aérea Brasileira (FAB) receberá o primeiro exemplar do caça fabricado em solo brasileiro em 2024.

O modelo brasileiro do Gripen é uma parceria em conjunto da Embraer com a Saab, empresa sueca que desenvolveu o primeiro modelo da aeronave. Ao contrário do projeto sueco, que é de um avião monoposto (com apenas um lugar), o projeto brasileiro do Gripen é de um avião biposto (dois lugares). Ambas as empresas trabalharão em conjunto para entregar os 36 caças encomendados pela FAB, tendo sido encomendadas 28 unidades do modelo monoposto e 8 do modelo biposto, e o primeiro desses aviões deverá ser entregue à Força Aérea em 2021.

De acordo com Jonas Hjelm, vice-presidente sênior da Saab, o Gripen brasileiro não está sendo desenvolvido exclusivamente para a FAB, e a parceria entre a companhia brasileira e a sueca prevê não apenas a participação conjunta em campanhas internacionais, mas também a negociação com compradores, e ambas as empresas já estariam conversando com potenciais clientes para a venda do modelo do caça fabricado no Brasil.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.
Modelo atual do Gripen, com espaço para apenas um piloto no cockpit. Projeto desenvolvido no Brasil terá espaço para dois pilotos (Imagem: Saab)

Além disso, Jackson Schneider, presidente da Embraer Defesa e Segurança, revelou que a empresa já está em conversas adiantadas para a venda do avião cargueiro KC-390 para a Força Aérea de Portugal. O avião brasileiro, que tem capacidade de transportar até 26 toneladas de carga, também teve 28 unidades encomendada pela FAB, e a Embraer confirmou que irá entregar os dois primeiros dessa leva ainda em 2019.

A parceria entre a Embraer e a Saab para o desenvolvimento de um modelo brasileiro do Gripen começou em 2013, quando ambas as empresas venceram a concorrência para a substituição da frota atual de caças da FAB.

Cargueiro KC-390, maior avião produzido pela Embraer no país (Imagem: Embraer)

Fonte: Exame

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.