Plano Nacional de Internet das Coisas será lançado em março de 2017

Por Redação | 08.11.2016 às 18:06

Maximiliano Martinhão, secretário de Política de Informática do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTI), afirmou nesta terça-feira (8) que o Plano Nacional de Internet das Coisas será lançado em março de 2017. A notícia foi dada durante o IT Forum Expo, evento que reúne empresários e executivos de TI na cidade de São Paulo.

O Plano Nacional de IoT é um documento que pretende estabelecer como as empresas serão estimuladas a investir em projetos relacionados à Internet das Coisas no Brasil. Os principais pontos a serem analisados são relacionados às questões regulatórias, melhores práticas de financiamento e compartilhamento de informações.

Os detalhes do plano ainda não estão finalizados, mas já sabemos que o governo tende a apoiar mais as ideias do projeto de lei de proteção de dados pessoais apresentado pelo senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) em vez das opções resultantes de consultas públicas e elaborado pelo Ministério da Justiça durante o governo de Dilma Rousseff.

“O setor de TI solicitou a retirada da urgência da proposta de projeto de lei encaminhada ao Congresso ainda pelo governo Dilma, com a intenção de acrescentar artigos que prevejam como será o uso de dados gerados pela internet das coisas”, disse o secretário Martinhão.

Enquanto o texto final do plano não é aprovado, a indústria segue preocupada com o fato de que a falta de uma regulação adequada para a Internet das Coisas deixe o país menos competitivo. Além disso, a IoT também pode ajudar a tornar o Brasil um país mais eficiente na indústria, com máquinas conectadas à internet em setores como agricultura, energia e logística. Saúde, educação, energia e cidades inteligentes também são temas a serem abordados.

Com informações do Tele.Síntese