Michel Temer planeja criar estatal para apostas esportivas na internet

Por Redação | 12 de Julho de 2016 às 22h56
photo_camera Divulgação

De acordo com informações divulgadas nesta terça-feira (12), o governo federal está planejando criar uma empresa de apostas esportivas pela internet. O objetivo? Diminuir o rombo nas contas públicas. O projeto de lei deverá ser encaminhado para o Congresso Nacional em breve com o objetivo de vender a nova companhia para a iniciativa privada já no próximo ano, seguindo o mesmo modelo da loteria instantânea da Caixa Econômica Federal.

Em entrevista ao Valor PRO, Mansueto Almeida, secretário de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda, afirmou não saber o valor que poderá ser arrecado com a venda das duas empresas. Apesar dessa informação, alguns rumores apontam que o governo deverá conseguir atingir a marca de R$ 8 bilhões nas negociações.

Com a privatização, os recursos serão recebidos por meio de tributos, "como Imposto de Renda e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido incidentes sobre o ganho de capital". Ainda segundo o secretário, a ideia é que a iniciativa privada tenha participação majoritária no processo.

Sobre o assunto, a expectativa é de que a privatização da Lotex aconteça até março de 2017. De acordo com as estimativas dos especialistas, caso o governo opte pela concessão do serviço por 10 anos, os cofres públicos poderão levantar cerca de R$ 4 bilhões, dado não confirmado por Mansueto Almeida, que diz apenas que a privatização da companhia de apostas esportivas pela internet deverá render mais do que as raspadinhas.

Fonte: Valor Econômico

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.