Marco Civil pode ser alterado para evitar que redes sociais acessem contatos

Por Redação | 26 de Setembro de 2016 às 21h53

Nesta segunda-feira, foi pedida mais uma proposta de alteração no Marco Civil da Internet, com o intuito de resolver um problema que irrita alguns usuários de redes sociais. A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB–AM) deseja regulamentar o uso de dados pessoais em redes sociais, com o consentimento dos usuários para que sejam feitos cadastros ou convites antes de participar delas.

Para ela, a justificativa estaria no fato de a Lei 12.965/2014 não abordar alguns pontos, apesar de defender a liberdade de expressão, a privacidade e a neutralidade da rede. Dentre tais pontos, estaria a falta de clareza no opt-in de serviços de relacionamento online. "Algumas empresas, para conquistar usuários, têm dado margens a abusos", pontua a senadora, afirmando que "algumas redes sociais" estariam acessando, sem permissão, a lista de contatos telefônicos dos usuários cadastrados a fim de conseguir mais adeptos, convidando tais pessoas para fazer parte de seus membros.

No momento, a matéria tramita na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), e a proposta será analisada pela Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT), para ser votada em caráter definitivo.

Via Agência Senado

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.