INSS vai iniciar testes de pedido de aposentadoria pela internet

Por Redação | 20 de Dezembro de 2016 às 12h33
photo_camera Foto: Marcos Santos/USP Imagens

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) anunciou que vai implementar um projeto piloto que permitirá às pessoas dar entrada no pedido de aposentadoria pela internet. Os testes começam no início de 2017 e, se tudo correr bem, até o final do ano todos os segurados terão acesso ao serviço.

A ideia é que alguns aposentados consigam fazer todo o processo online, desde o pedido do benefício até o recebimento, sem ter que ir até uma agência física do INSS. Para isso, basta ter toda a documentação em dia.

Entre os serviços oferecidos no futuro portal do INSS está a opção de retirar o extrato de contribuição previdenciária, considerado um dos principais documentos para quem quer dar entrada no pedido de aposentadoria.

Outros recursos incluem a realização da inscrição no instituto, agendamento de atendimento para requerer aposentadoria, auxílio-reclusão, benefício assistencial a idosos e pessoas com deficiência, pensão por morte, salário-maternidade, além da opção de marcar perícia médica e prorrogação de outros benefícios.

"As pessoas não precisarão ir à agência para requerer a aposentadoria, por exemplo. Se não tiver documentação pendente, não precisará comparecer. Boa parte do que está no sistema é considerado como prova plena", explicou o diretor de benefícios do INSS, Robinson Nemeth, ao jornal Folha de S. Paulo.

De acordo com o cronograma do projeto de implementação, até março a plataforma chamada "Meu INSS" deve ser capaz de simular o tempo de serviço do trabalhador. Atualmente, o extrato não simula esse tempo, pois apresenta apenas a lista de empresas nas quais trabalhou e o período.

Para realizar as consultas no sistema, basta ter o número do CPF em mãos e, em seguida, algumas perguntas serão feitas para checar os dados e confirmar a identidade do usuário. O fato do banco de dados do INSS ser bem robusto ajuda a aumentar a segurança no acesso online.

Atualmente, a Central de Serviços do INSS já está em fase de testes, mas deve ser lançada oficialmente em janeiro de 2017. Por enquanto, já é possível usar o site para consultar allguns dados, porém é preciso fazer um cadastro que inclui um contato telefônico por meio do 135.

Fonte: Folha de S.Paulo

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.