CEOs do Facebook, Google e Twitter não comparecem ao depoimento nos EUA

Por Redação | 01 de Novembro de 2017 às 18h38
divulgação
Tudo sobre

Google

Jornalistas e membros do Congresso dos EUA estão em polvorosa e expressaram decepção com as companhias Facebook, Google e Twitter por não enviarem seus representantes administrativos ao depoimento marcado para hoje, apresentando apenas seus advogados e representantes jurídicos.

Na semana passada, as três companhias trouxeram ao público informações sobre o uso de suas plataformas para veicular matérias ligadas à russa Internet Research Agency, através de perfis falsos, impactando os resultados das eleições presidenciais dos EUA.

O senador Angus King, do Maine, disse aos representantes jurídicos enviados pelas empresas que estava desapontado com a presença dos advogados ao invés de seus CEOs. O posicionamento de King foi reforçado também pelo Senador Martin Heinrich, do Novo México, que concordou com as falas do colega.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Jim Rutenberg, colunista do New York Times, assim como Nick Bilton, da Vanity Fair, intensificaram o coro ao afirmar que as empresas não demonstraram desejo de resolver o ocorrido junto ao Congresso.

Bilton publicou, bastante irritado, em sua conta pessoal no Twitter que os CEOs da tecnologia gostam de aparecer nas capas das principais revistas, mas enviam subalternos para testemunhar na frente do Congresso.

Fonte: Business Insider

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.