Casa Branca espera combater mudança climática com compartilhamento de dados

Por Redação | 22.09.2016 às 19:36

As evidências de que a mudança climática está afetando a forma como a Terra se move e até mesmo aumentando as turbulências parecem não assustar muito a população em geral. Uma pesquisa apontou que 43% dos norte-americanos não estão dispostos a gastar seu rico dinheirinho para combater esse problema. Além disso, um impasse eterno no Congresso dos Estados Unidos não permite definir uma estratégia definitiva.

Para tentar melhorar essa situação, a Casa Branca lançou sua própria iniciativa para encontrar soluções para a mudança climática – e ela envolve tecnologia. Por meio de uma parceria público-privada, o governo vai criar uma plataforma open-source para aumentar o acesso à informação, seguindo a linha de Barack Obama, que gosta de tornar público dados do governo.

A chamada Partnership for Resilience and Preparedness (PREP) é uma coligação entre órgãos federais, ONGs, empresas e organizações civis para criar uma plataforma de código aberto quer permita a colaboração de todos. Tudo começou com a Climate Data Initiative (CDI), um projeto ambiental do governo Obama baseado em dados abertos que envolve múltiplas agências governamentais nos domínios da saúde e da proteção ambiental. Agora, as barreiras do CDI foram ampliadas.

Para reforças a iniciativa e o combate à mudança climática, a Casa Branca emitiu uma declaração assinada por mais 13 países e alguns nomes de peso da indústria da tecnologia – como Google, IBM e Microsoft – pedindo maior colaboração de todo o mundo para coletar e compartilhar informações pertinentes.

Fonte: Departamento de Estado dos Estados Unidos