Amazon fecha centros de distribuição na França

Por Stephanie Kohn | 16 de Abril de 2020 às 12h20
Amazon
Tudo sobre

Amazon

Saiba tudo sobre Amazon

Ver mais

A Amazon fechou seus centros de distribuição na França após um tribunal ter determinado na última terça-feira, 14, que a companhia terá de reavaliar suas medidas de proteção para manter seus funcionários seguros do Coronavírus.

O tribunal ainda estabeleceu que a companhia só deverá enviar itens essenciais no período. O juíz impôs uma multa de US$ 1,1 milhão por dia caso a empresa descumpra a ordem. O fórum ainda disse que a Amazon "falhou em reconhecer suas obrigações em relação a segurança e saúde de seus funcionários."

"Após o julgamento proferido pelo tribunal de Nanterre na terça-feira, 14, devemos suspender temporariamente todas as atividades em nossos centros de distribuição na França", anunciou a Amazon em um tuíte na noite de quarta-feira, 15. "Dada a complexidade inerente à nossa atividade logística e a multa de um milhão de euros por infração imposta pelo tribunal, o risco de violar a decisão era muito alto", acrescentou.

Um porta-voz da Amazon esclareceu que especificamente o risco de enviar acidentalmente itens não essenciais era o problema. O jornal Le Figaro relata que esse desligamento temporário durará no mínimo cinco dias.

Entenda

Desde o início do isolamento social, a empresa vem enfrentando investigações públicas sobre as condições de trabalho em seus armazéns de distribuição nos Estados Unidos. As investigações ocorreram depois que surgiram casos de Coronavírus dentro de suas instalações.

Fonte: Business Insider  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.