TV analógica começa a ser desligada em 2015. Veja a previsão para sua cidade

Por Redação | 25.06.2014 às 11:58
photo_camera Divulgação

Se a televisão da sua casa ainda é baseada no sinal analógico, é melhor ficar atento. A partir do final do ano que vem, o governo começará oficialmente o desligamento da TV analógica para aumentar a adoção da TV Digital e liberar a radiofrequência de 700 Mhz, faixa usada para internet de quarta geração (4G). No Brasil, as frequências em uso são de 1.800 MHz e 2.600 MHz.

Conforme publicado no Diário Oficial da União pelo Ministério das Comunicações na última segunda-feira (25), a desativação do sistema de TV analógico no país está programada para abril de 2016 e deve terminar em novembro de 2018. No entanto, o cronograma mostra que um primeiro teste piloto de desligamento será realizado no município de Rio Verde, no Estado de Goiás, no dia 29 de novembro de 2015.

O programa piloto é o chamado "switch off", termo em inglês que significa o desligamento do sistema analógico, e funciona justamente para preparar as demais cidades para a desativação do sinal, que ocorrerá de forma gradativa. Em 2016, o programa de encerramento da TV analógica chegará em grandes metrópoles, como São Paulo, Belo Horizonte e Rio de Janeiro. No ano seguinte, será a vez das capitais do Sul e do Nordeste do país, além das cidades do interior de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Nessa "primeira fase", o sinal analógico será desligado para cerca de 60% da população brasileira. Posteriormente, em 25 de novembro de 2018, terá início a última etapa do switch off, quando todas as outras capitais e cidades do país terão o sinal desativado. A portaria do Ministério das Comunicações prevê que "as entidades outorgadas para execução dos serviços de radiodifusão de sons e imagens e de retransmissão de televisão poderão efetuar o desligamento do sinal analógico antes da data prevista (...) desde que verificada a viabilidade técnica pela Anatel".

Rio Verde/GO

Com 197 mil habitantes, Rio Verde (GO) será a primeira cidade a ter o sinal analógico desligado (Foto: PietroCerv/Flickr)

Veja abaixo o cronograma do governo para o desligamento da TV analógica:

  • 29 de novembro de 2015: Piloto - Rio Verde (GO)
  • 03 de abril de 2016: Brasília
  • 15 de maio de 2016: São Paulo
  • 26 de junho de 2016: Belo Horizonte
  • 28 de agosto de 2016: Goiânia
  • 27 de novembro de 2016: Rio de Janeiro
  • 25 de junho de 2017: Curitiba, Florianópolis e Porto Alegre
  • 30 de julho de 2017: Salvador, Fortaleza e Recife
  • 27 de agosto de 2017: Campinas e Ribeirão Preto
  • 24 de setembro de 2017: Vale do Paraíba e Santos
  • 29 de outubro de 2017: Interior do RJ e Vitória
  • 26 de novembro de 2017: São José do Rio Preto, Bauru e Presidente Prudente
  • 1º de julho de 2018: Manaus, Belém e São Luís
  • 29 de julho de 2018: Natal, João Pessoa, Maceió, Aracaju e Teresina
  • 26 de agosto de 2018: Campo Grande, Cuiabá e Palmas
  • 25 de novembro de 2018: Porto Velho, Macapá, Rio Branco, Boa Vista e demais cidades

Os planos para o desligamento do sinal analógico no Brasil começaram em 2006, quando o ministério aprovou um decreto que previa o fim do serviço até junho de 2016. Contudo, o governo voltou atrás e formalizou que a desativação deverá ocorrer a partir de 1º de janeiro 2015, primeiro nas regiões metropolitanas e depois nas cidades do interior e locais mais afastados. A previsão era que Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro fossem os primeiros municípios a terem o sinal desligado, o que, segundo o novo cronograma, não vai acontecer.