Pesquisa: dispositivos vestíveis estão chegando ao ambiente corporativo

Por Redação | 24 de Abril de 2015 às 17h24
photo_camera BRUNO HYPOLITO / CANALTECH

Uma pesquisa realizada pela empresa de consultoria em gestão de clientes Salesforce revela o que muitos já estão notando, especialmente depois da chegada do relógio inteligente Apple Watch: os dispositivos vestíveis, ou wearables, estão invadindo também o ambiente corporativo. Com o título “Colocando Wearables para trabalhar: Insights sobre a Tecnologia dos Wearables em Negócios", o levantamento confirma que os wearables são vistos como uma plataforma estratégica para melhorar o desempenho dos negócios e são considerados uma área em expansão de investimento.

"Os wearables são a próxima fase da revolução dos mobiles. Como os smartphones antes deles, a chave do sucesso para os wearables nas empresas está totalmente relacionada com aplicativos corporativos matadores”, diz Lindsey Irvine, Diretora Global de Parcerias Estratégicas da Salesforce. "Esta pesquisa demonstra a enorme oportunidade para os casos de uso de wearables para impulsionar negócios de valor significativo”.

O estudo, realizado pela Salesforce Research, foi conduzido entre 27 de fevereiro e 1º de março deste ano. A pesquisa foi feita entre mais de 500 profissionais que adotaram a tecnologia dos wearables em empresas de vários portes. Entre outros aspectos, ela demonstra como os profissionais que adotam esses gadgets estão planejando incorporar esses dispositivos em processos de negócios do dia-a-dia, para melhorar a produtividade e conectividade entre os funcionários e os clientes.

O levantamento leva em conta informações a partir de cinco áreas pesquisadas: significado estratégico, áreas projetadas de crescimento, tendências de evolução dos dispositivos, o impacto dos insights de dados e a importância de um ecossistema de aplicativos em expansão.

WEARABLES RESEARCH

Segundo os dados, o uso de wearables nas empresas deverá triplicar nos próximos dois anos, já que quatro das cinco principais áreas de crescimento estão ao redor da melhora da experiência do consumidor. Isso inclui acesso em tempo real às informações de clientes, instruição ou diretrizes de trabalho de campo com as mãos livres, análises a alertas corporativos e treinamento remoto do consumidor. O uso desses gadgets vem sendo liderado pela integração com programas de fidelidade, aplicações de ponto de venda e experiências imersivas.

A pesquisa destaca, em especial, a chegada dos smartwatches. Dos entrevistados, 62% usam ou planejam ter relógios inteligentes no ambiente corporativo nos próximos dois anos. Entre as vantagens para uma equipe de vendas que trabalha remotamente ou on-the-go, os representantes podem usar recursos de fala em sua língua para enviar informações diretamente do smartwatch a um sistema de CRM. Já para os clientes VIP, os representantes de serviço ao consumidor usando um smartwatch no varejo, por exemplo, podem ser alertados sobre as preferências dos consumidores-chave, permitindo que eles propiciem uma experiência altamente personalizada.

E não são somente os smartwatches que estão entrando no ambiente corporativo. O cordões digitais e óculos inteligentes ocupam o segundo e terceiro lugares por seu impacto esperado sobre empresas, segundo a pesquisa da Salesforce. Com crachás e cordões inteligentes, há a possibilidade para clientes e gerentes efetuarem pagamentos e controlarem o acesso a locais restritos, por exemplo. Esses dispositivos também geram dados que podem ser analisados para saber mais sobre o tráfego de pessoas e seus comportamentos.

Um gadget que, mesmo sendo pouco utilizado atualmente, pode fazer a diferença são os óculos inteligentes. Eles podem fornecer suporte imediato aos representantes de serviço de campo remotos. Por exemplo, um técnico em uma plataforma de petróleo pode se conectar a diagramas técnicos pelos smartglasses, que mostram os passos necessários para um reparo.

Outro ponto interessante do levantamento é considerar que os dados gerados pelos wearables podem mudar o panorama de uma empresa no mercado. Atualmente, somente 8% dos usuários de dispositivos móveis afirmam estar completamente prontos para obter análises para ações a partir do volume de dados coletados pelos gadgets. Quando o uso desses aparelhos nas empresas acelerar, essas informações poderão ajudar as empresas a tomar decisões e exibí-las em tempo real.

Por fim, a pesquisa também aponta para a expansão do ecossistema de aplicativos corporativos como estímulo à adoção dos wearables. Segundo o estudo, 30% dos usuários citam a falta de aplicações de negócios como um desafio primário na implantação desses aparelhos. Quando o ecossistema de apps crescer e o novo hardware permitir cenários de negócios mais complexos, o número de empresas que adotam os dispositivos vestíveis deverá aumentar dramaticamente.

Fonte: https://www.salesforce.com/form/conf/thank-you-wearables-report.jsp?leadcreated=true&player=&landing_page=%2Fform%2Fother%2Fwearables-in-the-enterprise.jsp&videoId=&redirect=true&DriverCampaignId=70130000000sUVq&nurture=&pla

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.