Microsoft quer coibir piadas de 1º de abril entre seus funcionários

Por Felipe Ribeiro | 28 de Março de 2019 às 11h21
Tudo sobre

Microsoft

Saiba tudo sobre Microsoft

Ver mais

Quem nunca enganou ou foi enganado com uma piadinha "inocente" no dia 1º de Abril, conhecido desde o período Jurássico como o dia da mentira? Pois é, com a facilidade em se obter informação e com cada vez mais fontes de notícia alternativa, além, é claro, do 'surgimento' das fake news, uma simples mentirinha pode causar até mesmo uma comoção nacional em poucos minutos. Nos Estados Unidos, este dia é chamado de April Fool's Day, e é comumente utilizado pelas empresas de tecnologia para serem feitos anúncios de produtos bem bizarros. Bem, mas, esse ano, uma das gigantes da festa ficará de fora.

Este ano, a Microsoft desencorajou seus funcionários a fazer qualquer piada de 1º de abril, pelo menos na frente do público. A ordem foi dada pelo executivo de marketing Chris Capossela, em um memorando interno obtido pelo The Verge.

Para encurtar a história, Capossela está preocupado que qualquer brincadeira que a Microsoft tente puxar possa ser levada a sério por pessoas que esquecem a motivação real deste dia. "Considerando os ventos contrários que a indústria de tecnologia enfrenta hoje, eu peço a todas as equipes da Microsoft que não façam nenhuma acrobacia pública no Dia da Mentira", escreveu Caposella. "Eu aprecio que as pessoas podem ter dedicado tempo e recursos para essas atividades, mas acredito que temos mais a perder do que ganhar tentando ser engraçado neste dia", bradou.

Capossela: "acredito que temos mais a perder do que ganhar tentando ser engraçado neste dia"

Como citamos acima, é fácil identificar o ponto em que a Microsoft quer chegar. A notícia avança rapidamente nos dias de hoje, e há preocupações legítimas sobre a maneira como artigos falsos podem se espalhar nas mídias sociais sem contestação. Até mesmo algo tão inofensivo quanto uma brincadeira de 1º de abril sobre o Zune ou o Windows M.E. poderia passar inadvertidamente por um filtro em algum lugar e criar dores de cabeça para o departamento de relações públicas da gigante de Redmond.

Com a Microsoft possivelmente está se preparando para promover produtos inovadores, como um Xbox One que não tem disco rígido, a empresa talvez precise ficar o mais perto possível da verdade neste ano. Vale a pena observar como outras empresas de tecnologia respondem a isso. Alguns podem eventualmente seguir o exemplo, enquanto outros podem usar o vazio criado pela Microsoft para criar piadas ainda mais grandiosas.

Fonte: Mashable , The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.