Microsoft está desenvolvendo tecnologia que substitui caixas humanos em mercados

Por Jessica Pinheiro | 14 de Junho de 2018 às 16h16

Imagine você, chegar em um supermercado e, ao invés de enfrentar uma fila de pagamento gigante e então ter que encarar um caixa emburrado, se deparar com uma tecnologia que eliminaria todo esse processo, automatizando todo o serviço e por tabela acelerando a compra? Essa é a ideia da Microsoft, segundo a Reuters.

A casa do Windows parece estar desenvolvendo sistemas que rastreiam o que os compradores adicionam aos carrinhos, o que eliminaria um caixa humano e agilizaria o processo de check-out. A Microsoft está, inclusive, mostrando uma prévia dessa tecnologia a algumas redes de varejo, tais como a do Walmart, o que pode indicar uma possível colaboração de todas as partes interessadas – apesar de não ficar claro como isso aconteceria.

De toda forma, a nova tecnologia da Microsoft ajudaria os varejistas de uma maneira semelhante ao que a Amazon Go vem fazendo desde janeiro deste ano: na loja automatizada da Amazon, os visitantes vão colocando ou removendo itens de seus carrinhos e sensores espalhados por toda a loja identificam tudo. Então, ao final das compras, basta a pessoa sair da loja com o que deseja, pois a Amazon registra tudo o que foi levado nos cartões de crédito.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Algumas variantes desse sistema já estão surgindo com marcas rivais da Amazon, e agora é a vez da Microsoft se tornar uma aliada dos varejistas. Ainda não se sabe exatamente quando a companhia de Redmond entregará esse serviço de checkout automatizado, tampouco se irá superar as concorrentes – apesar de o serviço estar sendo taxado como a próxima grande inovação do segmento.

Especula-se que a nova tecnologia possa utilizar smartphones de alguma forma para desempenharem um papel fundamental na experiência de compra, apesar de também haver boatos de que a Microsoft também vem testando câmeras atribuídas aos carrinhos, para rastrear mais facilmente os produtos que os visitantes querem.

A equipe interna da companhia já conta com um especialista em visão computacional contratado pela Amazon Go, então o serviço realmente pode se mostrar como algo novo e inventivo.

Fonte: Reuters

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.