Meg Whitman, da HPE, pode se tornar CEO da Uber

Por Redação | 26 de Julho de 2017 às 15h25

Depois de todos os escândalos e da saída de Travis Kalanick do comando, a Uber planeja anunciar seu novo CEO até o começo do mês de setembro. Durante uma reunião, Liane Hornsey, chefe de Recursos Humanos da empresa, afirmou que a contratação deverá acontecer dentro das próximas seis semanas.

Segundo as fontes, a companhia de São Francisco conta com uma lista de seis candidatos, incluindo Meg Whitman, da Hewlett Packard Enterprise (HPE). Ao que tudo indica, a executiva vem se encontrando com a liderança da Uber nas últimas semanas, mas ainda não há informações confirmadas.

"Como a Meg disse várias vezes antes, ela está totalmente comprometida com a HPE e planeja ficar com a empresa até o fim do seu trabalho", disse Howard Clabo, porta-voz da HPE, em um e-mail. A Uber não quis comentar.

Apesar dos outros possíveis nomes não terem sido revelados, rumores anteriores afirmam que outros substitutos de Kalanick poderiam ser Thomas Staggs, COO da Disney até 2016; Susan Wojcicki, CEO do YouTube; Alan Mulally, ex-CEO da Ford, aposentado em 2014; Dave Clark, líder de operações globais da Amazon; ou John Donahoe, ex-CEO da eBay.

Via Bloomberg

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.