Jeff Bezos pode se tornar o primeiro trilionário do mundo até 2042

Por Redação | 28 de Julho de 2017 às 18h18
photo_camera The Washington Post

Apesar de ainda faltar cerca de US$ 910,7 bilhões para atingir US$ 1 trilhão, Jeff Bezos, CEO da Amazon, pode se tornar o primeiro trilionário do mundo. De acordo com relatórios recentes, pessoas bilionárias viram suas furtunas dispararem rapidamente na última década. Diante das estimativas, é possível que a riqueza de Bezos cresça em um ritmo jamais antes visto dentro dos próximos 25 anos.

Segundo levantamento da Oxfam, em 2009 havia 793 bilionários em todo o mundo. Juntas, suas fortunas totalizavam US$ 2,4 trilhões. Até 2016, as 793 pessoas mais ricas registraram US$ 5 trilhões — crescimento anual de 11%. "Se esses números continuarem, é bem possível que possamos ver o primeiro trilhão do mundo dentro de 25 anos", afirmou o relatório.

Em outras palavras, a Oxfam estima que, se as tendências forem mantidas, Bezos — cujo patrimônio líquido atualmente é de US$ 92,3 bilhões - poderia ficar na liderança isolada em futuras listas da "The World's Trillionaires". É verdade que a disputa do CEO da Amazon está acirrada com Bill Gates. Nos últimos dias, os dois executivos têm brigado fortemente pelo título de homem mais rico do mundo.

O fato é que agora é necessário saber se Bezos e Gates continuarão tentando aumentar a sua fortuna. Na verdade, Bill Gates, desde 2006, quando deixou a Microsoft, tem dedicado seus recursos à erradicação de doenças e à melhoria da educação em todo mundo, então pode ser que o bilionário não tenha interesse em se tornar o primeiro trilionário do planeta.

Com todas essas informações, para quem fica a sua aposta?

Via BusinessInsider

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.