Cinco dicas para aumentar a eficiência do seu negócio com videocolaboração

Por Colaborador externo

Por Renato Batista*

Na era do YouTube, Snapchat e Skype, os vídeos voltaram a ser uma importante ferramenta de comunicação. O departamento de TI das empresas é cada vez mais influenciado pela vontade dos usuários – que querem trazer as experiências com tecnologias pessoais para o mundo corporativo. Neste contexto, os olhares voltam-se a como viabilizar e disponibilizar ferramentas de vídeo colaboração e como fazer com que estas sejam um diferencial de negócios – afinal o bom departamento de TI é aquele que está alinhado às estratégias da empresa.

Por isso, não basta simplesmente adotar tecnologias de vídeo e ponto. É necessário saber tirar o melhor proveito delas. Veja abaixo algumas dicas:

1) Comece com a segmentação de seus clientes e priorize uma experiência digital por vídeo na sua comunicação

Fazer um atendimento por meio de vídeo pode ser um diferencial competitivo e impressionar seus clientes – já que esta é uma experiência de máxima aproximação e pessoalidade com ele. Porém, oferecê-la para todo o seu público, em qualquer situação, pode representar um gasto importante e não necessariamente eficaz. Por isso, segmente seus clientes e atenda com vídeos apenas uma parcela deles – que realmente necessite ou vê um atendimento personalizado como agregador de valor ao seu negócio.

2) Identifique as áreas que serão beneficiadas diretamente com esse contato, por exemplo RH e vendas

Além de segmentar o seu público, é importante selecionar quais são os departamentos que realmente conseguem tirar vantagem das tecnologias em vídeo. RH e vendas, por exemplo, são áreas que exigem uma proximidade maior com suas interfaces, sejam elas internas (no caso de uma seleção de pessoas) ou externas (um atendimento diferenciado ao cliente). Disponibilizar o vídeo atendimento para setores-chave pode ser um grande diferencial para a aproximação do seu público com a sua empresa e mais, uma forma de aumentar sua credibilidade no mercado.

3) Otimize os recursos tecnológicos e gastos para abertura e manutenção de clientes

O investimento em câmeras, equipamentos e salas de videoconferência podem ter um grande impacto no seu orçamento de TI. Por isso, busque soluções que sejam mais economicamente eficientes, como a videoconferência em nuvem e soluções que sejam simples de acessar de qualquer dispositivo (notebooks, PCs, tablets e, até mesmo de celulares).

4) Pratique uma liderança participativa e inovadora com a tecnologia de vídeo atendimento

Junte sua equipe, onde quer que ela esteja. Conecte-se de uma forma mais pessoal com seus funcionários, tirando toda a vantagem que o vídeo permite – proximidade, pessoalidade, clareza nas mensagens. Seu pessoal provavelmente está acostumado a usar a comunicação por vídeo no seu dia-a-dia e trazer este modelo para sua comunicação com o time pode ser um diferencial para reter seus talentos, além de possibilitar uma maior interação e controle das equipes remotas.

5) Abra as portas do seu negócio e estabeleça encontros marcantes com seus clientes e fornecedores

Um encontro pessoal, ainda que feito virtualmente, pode ser o diferencial na hora de fechar um negócio. Tire proveito da proximidade que as tecnologias em vídeo proporcionam para negociar olho-no-olho com seus clientes e fornecedores. Além de facilitar uma comunicação com o mínimo de ruídos possível, o uso de uma reunião por videoconferência pode mostrar para o seu cliente ou fornecedor que sua empresa está atualizada e tirando o melhor proveito de uma tendência de mercado. Impressionar com o uso de tecnologias atuais pode colocá-lo à frente de seus concorrentes, em um mercado cada vez mais competitivo, em que empresas jovens costumam dominar o uso de ferramentas tecnológicas.

O videoatendimento e as tecnologias de videocolaboração são importantes aliados tanto na eficiência quanto na redução de custos, ainda mais em um mercado cada vez mais exigente na hora de fechar negócios. Saber utilizá-las é fundamental para estar mais próximo de seus clientes

*Renato Batista é CEO e fundador da NetGlobe.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.