Celso Pansera não é mais ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação

Por Redação | 20.04.2016 às 22:40
photo_camera Foto: Reprodução

A crise política brasileira tem rendido assunto em diversos âmbitos. Na semana passada o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) anunciou crise financeira por conta de corte orçamentário, e nesta quarta-feira (20) foi anunciado que Celso Pansera não ocupará mais o seu cargo no Ministério.

O comunicado oficial da Presidência da República diz: "A Presidente da República, Dilma Rousseff, informa que o ministro Celso Pansera deixará, a pedido, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. A Presidente agradece o ministro pelo seu trabalho e dedicação, e deseja sucesso no seu retorno à Câmara dos Deputados".

Segundo as informações divulgadas pelo Palácio do Planalto, o agora ex-ministro deixou a função a pedido. Na semana passada ele havia reassumido o seu mandato como Deputado Federal para participar da votação contra o pedido de impeachment da presidente, mas deveria ter retomado ao MCTI nesta terça-feira (19).

Pansera, do PMDB-RJ, foi nomeado Ministro do MCTI em outubro de 2015 pela presidente Dilma Rousseff, na esperança de ampliar o apoio ao PT na Câmara dos Deputados. Três meses depois de assumir o cargo, Celso Pansera passou por um processo de busca e apreensão pela Polícia Federal, mas os resultados não foram divulgados.

Outras duas saídas foram confirmadas oficialmente pelo Planalto nesta quarta-feira (20): a do ministro Helder Barbalho (Portos) e Eduardo Braga (Minas e Energia), o que significa que agora são nove Ministérios sem titulares permanentes no Brasil.

Fonte: G1