A arte de conseguir bons feedbacks

A arte de conseguir bons feedbacks

Por Paulo Monçôres | 18 de Fevereiro de 2022 às 10h00
Christina @ wocintechchat.com/Unsplash

Acredito que "feedback" tenha sido, nos últimos anos, uma das mais utilizadas buzzwords no meio corporativo. Vejo empresas e gestores investindo massivamente em treinamentos e palestras em como ser mestre na arte de dar feedback. Porém, olhando números de pesquisas, as pessoas ainda sentem falta de retornos construtivos, que de fato auxiliem em atingir o seu melhor, o próximo nível em suas carreiras.

Para alcançar a excelência na arte do feedback, é preciso considerar três principais perspectivas, desde como dar um bom feedback, passando pelo encorajamento de ouvir e proporcionar espaço para receber esse tipo de retorno, assim como pedir por um. Pensando nisso, compartilho aqui minha experiência em como organizar uma conversa efetiva, seja com seu gestor ou entre seus pares.

Por que é importante saber pedir feedback?

Por mais investimentos que sejam feitos para ensinar como as pessoas devem dar feedback, não há garantia alguma que isto será feito ou será efetivo. A atitude de esperar o coloca em uma posição de espectador. Aperfeiçoar a arte de conduzir essas conversas te põe como protagonista da sua carreira.

Como pedir?

A frase mais comum que ouço é: “Você tem algum feedback pra mim?”. Essa é a pior pergunta que você pode fazer. Geralmente você recebe uma resposta vazia: “Você está indo bem! Continue o bom trabalho!” ou “Nada que me venha à mente agora”. Essa pergunta é tão ampla que impossibilita articular ideias para compor uma conversa construtiva.

Prepare questões específicas

Fred Kofman, autor do Conscious Business, e Vice Presidente da empresa LinkedIn, sugere que para conseguir feedbacks construtivos você tem que ter questões que “forçam” o ouvinte a dar respostas específicas como: “existe alguma coisa que eu deveria parar de fazer para que trabalhar comigo seja melhor?”

Andy Grove, ex CEO da Intel disse: “Eu quero te pedir um grande favor e é a coisa mais importante que você pode fazer por mim. Eu realmente preciso que você me diga: o que estou fazendo de errado no meu dia a dia?”

Feedback é arma poderosa do mundo corporativo, mas seu uso aprimorado no dia a dia(Imagem: airfocus/Unsplash)

Bill Berry, da empresa Tacoma Power, pede: “Por favor, me dê algum conselho”.

Seja específico sobre o que você quer saber: “Você teria algum feedback em relação a minha performance no projeto X?”; “Poderia compartilhar a sua percepção sobre minha competência técnica para a posição que estou atualmente?”; “Você teria algum feedback em relação à minha comunicação?” ou “Como foi minha performance na reunião X?”.

Uma das perguntas mais poderosas a se fazer para o seu gestor é: “Se eu recebesse uma oferta de outro lugar, quão duro você lutaria para eu ficar?”.

Não fique bravo, fique curioso

Fazer as perguntas corretas vai te levar a ouvir respostas que nem sempre são as que você quer ouvir, porém são extremamente importantes para o seu crescimento. A sua reação no momento em que alguém começa a te dar um feedback construtivo é extremamente importante. O não reagir bem pode fazer com que sua relação retroceda e conversas difíceis e honestas demore para acontecer novamente. Ouvindo calmamente e manifestando curiosidade, você pode fazer com que seu relacionamento evolua.

Mas o que significa “não fique bravo, fique curioso”?

Se você fica curioso sobre o feedback que você está recebendo, isto começa a parecer mais como um problema para resolver do que uma crítica. Pessoas adoram resolver problemas. Frases que te ajudam a manter uma conversa:

  • Ooooh. Isso é interessante. Fale-me mais sobre isto.
  • Eu não percebi que dizendo isto dessa maneira eu estava deixando as pessoas desconfortáveis. O que (ou como) poderia fazer diferente?
  • Isso é muito interessante. Eu não tive a intenção, mas eu estou entendendo corretamente que você vê X,Y e Z?

Follow up

Eu diria que a definição de receber um feedback bem é mostrar que você entendeu e planeja fazer alguma coisa sobre isto. Durante a conversa tire um momento para comunicar algumas coisas:

  • Você ouviu e entendeu o feedback dado. Isto não é alcançado dizendo a frase “Eu ouvi seu feedback”, mas sim repetindo o que você ouvir da pessoa. “OK, deixe-me fazer um sumário do que você estava dizendo…”
  • Você vai atuar em cima do feedback dado. Mesmo que você não saiba o que vai fazer, é importante falar que vai pensar sobre e criar um plano de ação para melhorar. Comunique suas intenções. Marque outra conversa, se necessário, para fazer um acompanhamento de tais ações e aja de fato para isso.

Lembre-se: feedback construtivo é para nos ajudar a crescer. Para melhorar nosso trabalho e comportamento. É do seu melhor interesse conseguir o melhor feedback possível de diferentes pessoas com quem você interage. Só assim você irá encontrar mais sucesso. Não os evite!

*Artigo produzido por colunista com exclusividade ao Canaltech. O texto pode conter opiniões e análises que não necessariamente refletem a visão do Canaltech sobre o assunto.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.