Terceira Plataforma é destaque nas previsões do mercado para os próximos anos

Por Redação | 07 de Novembro de 2014 às 07h00
photo_camera EKS

Aproximadamente 35% dos relacionamentos de sourcing, a capitalização de suprimentos de produtos e serviços, devem falhar no relacionamento com as tecnologias que formam a Terceira Plataforma — computação em nuvem, mobilidade, mídias sociais e Big Data — até 2017. Essa é a previsão da firma especializada em tecnologia International Data Corporation (IDC), que divulgou recentemente outras projeções de mercado para os próximos anos.

O relatório faz parte da webconferência IDC FutureScape: Worldwide CIO Agenda 2015 Predictions, que destaca as previsões para o mercado nos próximos anos. Entre os convidados estão os analistas da indústria de tecnologia Michael Rosen, Serge Findling e Joseph Pucciarelli.

Além dos 35% de relacionamentos de sourcing que devem falhar com a Terceira Plataforma — o que deve obrigar os CIOs a procurar um novo processo com os fornecedores —, o relatório também adiantou algumas outras tendências para os próximos seis anos. Confira a lista de previsões:

2015

60% dos CIOs devem usar os chamados DevOps (profissionais que integram funções de desenvolvedores e operadores de TI) como ferramentas essenciais para enfrentar a velocidade e expansão da telefonia móvel, nuvem e aplicações de código aberto.

2016

  • 65% das estratégias competitivas globais exigirão a Terceira Plataforma em tempo real no modelo ITaaS ("IT-as-a-Service" ou Tecnologia de Informação como serviço);
  • A segurança estará entre as três prioridades máximas de negócios para 70% dos presidentes das empresas globais;
  • 80% dos CIOs entregarão uma nova estrutura arquitetônica que permite a inovação e melhoria da tomada de decisão de negócios;
  • 80% dos CIOs deverão acelerar a migração para a Terceira Plataforma para combater o desuso prematuro de ativos da TI atual.

2017

  • 35% dos relacionamentos de sourcing de fornecedores em torno de tecnologias da Terceira Plataforma irão falhar, fazendo com que os CIOs implantem novos processos de sourcing;
  • 80% do tempo do CIO será focado em análise, segurança cibernética e criação de novas fontes de receita através de serviços digitais.

2018

  • 30% dos CIOs das organizações globais terão lançado dados e estratégias de análise pan-enterprise (cruzamento de informações de todos os tipos, independente de tipos de arquivo ou armazenamento);
  • 50% dos CIOs cederão os tradicionais modos de controle na TI em prol de uma estrutura baseada em padrões abertos.

2010

60% dos CIOs em organizações globais serão suplantados pelo cargo Chief Digital Officer (CDO ou gerente digital) para a entrega de produtos habilitados por TI e serviços digitais.

"As transformações vindas com a Terceira Plataforma terão efeitos significativos sobre a forma como os negócios utilizam, entregam e organizam a estrutura da TI. Os CIOs perspicazes aproveitarão a oportunidade para serem os protagonistas nessa transformação e elevar suas funções nas empresas", disse Michael Rosen, Assessor Adjunto de Pesquisa na Rede de Pesquisa da IDC.

Os relatórios anuais de previsões da IDC já são, há 30 anos, tradição para o setor. Para saber mais sobre a visão do mercado de TI através dessas projeções, basta acessar o site com as informações completas.

Fonte: http://www.idc.com/getdoc.jsp?containerId=prUS25225314

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.