Governança de informações auxilia empresas a integrarem dados ao negócio

Por Redação | 13 de Dezembro de 2013 às 17h56

Em tempos de discussão de temas como Big Data e analytics, a governança da informação pode ser considerada um dos ativos mais valiosos para as empresas. Cada vez mais empresas têm gerado e armazenado quantidades maiores de informações sobre seus negócios, ao mesmo tempo que crescem as responsabilidades de gestão e conformidade com normas e leis de gestão, segurança, privacidade de dados e descarte de conteúdo.

Esse cenário abre espaço para as chamadas soluções de governança, que passam a substituir os procedimentos tradicionais de gestão de registros, que atualmente se limitam aos processos obrigatórios.

Além de já não darem conta do fluxo de informações contínuo, esses procedimentos tradicionais de retenção e descarte de dados também costumam deixar de lado um aspecto chave das informações guardadas: como integrá-las no ciclo de vida da empresa e gerar valor através da análise de dados estruturados e não estruturados.

Qualquer que seja o mercado de atuação da corporação, ter certeza que a tomada de decisão pode sempre contar com informações exatas é essencial para que os negócios avancem e para que a empresa seja capaz de dar respostas rápidas às movimentações de mercado.

"Em geral, é o volume de informações e a quantidade de leis e requisitos de negócio que determinam como uma organização deve gerenciar seu conteúdo", explica o Vice-Presidente de Marketing da RSD, Tamir Sigal, em entrevista ao Canaltech Corporate. "Por exemplo, a maior preocupação da área de TI é o crescente armazenamento e segurança das informações. Para a área jurídica, a preocupação pode estar também relacionada às várias leis e regulamentos, bem como à gestão dos litígios. Para os executivos, a preocupação pode ser impor controles de governança sobre o conteúdo".

Sigal esteve no Brasil em setembro, quando participou de uma discussão sobre o tema durante o Congresso de Segurança da Informação, Auditoria e Governança TIC (CNASI). Atualmente, o tema de governança já é uma realidade em grandes empresas de setores como financeiro, seguros e farmacêutico, os mercados mais fortes para a RSD. Mas o tema ainda engatinha no Brasil com pequenas e médias empresas que observam suas quantidades de dados aumentarem e que desejam obter valor destas pilhas.

Hoje a RSD fornece soluções para mais de 1,2 mil organizações ao redor do mundo, que suportam mais de 2 milhões de usuários em 26 países, operando diretamente ou através de parceiros de negócio. No Brasil, a empresa atua com a distribuidora Poly IT Solutions e atua com cerca de 25 empresas.

De acordo com o especialista, um dos grandes desafios de empresas quando lidam com a governança é garantir que seus sistemas sejam fidedignos. "Governança inclui o ciclo de vida segurança, privacidade de dados, leis e regulamentos, relatórios de auditoria. Isto é para todas as informações corporativas", explica Sigal.

A principal solução da empresa, o RSD Glass, possui três componentes que integram as informações para otimizar a governança. O primeiro módulo permite que a empresa defina o método como a informação será governada, levando em consideração os seus requisitos de negócio. Em seguida, o sistema permite a checagem de que a empresa está em conformidade com suas políticas definidas através de sua conexão com mais de 50 sistemas de governança. Por fim, o RSD Glass também é capaz de gerar relatórios de auditoria através de um dashboard que permite aos executivos terem uma visão ampla de seus sistema de TI, negócios, jurídico e de compliance.

Mas integrar um dos sistemas em sua empresa não é uma tarefa simples, como explica o executivo. O processo de migração de registros físicos obsoletos para os meios digitais, por exemplo, exige cuidado da empresa para garantir que nada do legado seja perdido. "Existem vários atributos associados à adoção de governança da Informação", afirma Sigal. "Quanto mais conteúdo, usuários, leis e exigências do ciclo de vida da informação, maior é o desafio da governança".

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.