Descomplicando o Search Engine Optimization (SEO)

Por Caio Monteiro

Você sabia que mais de 75% dos usuários que fazem buscas no Google não passam da primeira página? Já se perguntou como os buscadores escolhem os sites que irão aparecer nas primeiras posições em um resultado de busca?

Desconsiderando os links patrocinados (anúncios pagos localizados no topo e nas laterais das páginas de busca), estes resultados são estabelecidos de acordo com uma série de fatores que compõem os algoritmos dos buscadores que determinam uma ordem de relevância para cada site.

Search Engine Optimization (SEO) é compreender como estes algoritmos funcionam e, através desta compreensão, desenvolver estratégias para que um site fique melhor posicionado em uma determinada busca. Em suma, o grande objetivo do SEO é fazer com que uma página (ou várias) apareça entre os primeiros resultados orgânicos (gratuitos) de uma busca.

Como isso funciona?

Existe uma série de fatores, alguns bastante simples e velhos conhecidos dos profissionais de SEO, e outros ainda um pouco “nebulosos”, que causam diferentes opiniões por parte de especialistas. Basicamente, estes fatores são divididos entre internos e externos (On-Page e Off-Page).

Ao longo do tempo, irei explicar os principais fatores a serem trabalhados em uma otimização. Cabe aqui uma lista com alguns fatores internos e externos.

Internos (On-Page):

  • Títulos(titles) das páginas
  • Meta tags
  • Heading tags
  • Conteúdo
  • Domínio
  • URL do site/arquivo
  • Alt Tags das imagens

Externos (Off-Page):

  • Links externos para o seu site
  • Qualidade destes links externos
  • Texto âncora destes links externos
  • Tempo/Idade de domínio

É importante entender que existem diversos outros fatores, e que dentro de cada um destes existem várias ações e técnicas a serem trabalhadas. Cada fator possui um peso que ajuda a determinar a relevância do site para uma determinada busca (ou termo). Este peso é chamado de “Page Authority” e trata-se de uma avaliação da página.

Para quem quiser ir se aprofundando e já conhecer outros fatores e seus respectivos PAs (Page Authority), gostaria de citar o MOZ como uma das grandes referências internacionais em SEO.

Inclusive, o Page Authority é uma métrica de propriedade da empresa SEOMoz – muitos dizem que é uma releitura do PageRank (métrica do Google para determinar a relevância de um site e que escreverei a respeito no próximo texto).

A cada 2 anos, o pessoal do MOZ examina opiniões de diversos profissionais de SEO em todo mundo, fazendo correlações para entender cada vez mais como estão funcionando os algoritmos e os motores de busca.

O ranking dos fatores de “Search Engine” deste ano já está disponível no site oficial.

SEO em essência

O grande segredo do SEO não são os fins, mas sim os meios, ou seja, os principais fatores podem até estar explícitos, mas quais ações seguir e como trabalhar com cada um destes itens é o que realmente determinará o sucesso ou não de uma otimização.

Page Authority

Incidência do fator Page Authority para cada situação

Por exemplo: falando em PA (Page Authority), vemos na tabela acima uma série de fatores com alto PA, mas posso afirmar que mesmo que se trabalhe todos os fatores, é impossível obter um bom posicionamento de uma página sem um bom conteúdo, isto é, o melhor conteúdo para aquela determinada palavra-chave ou tema que deseja posicionar seu site.

Sem conteúdo relevante, praticamente toda otimização baseada em “teorias prontas” será em vão. Não há como fazer SEO sem um bom conteúdo e isto é um fato!

Até mesmo porque hoje, o Google, nosso principal buscador, trabalha para que as métricas do Page Authority sejam cada vez menos determinantes para o posicionamento de uma página. Isso porque ele acredita que os resultados de busca devem ser importantes aos usuários devido ao seu conteúdo natural e não por conta de manipulações destes resultados através das técnicas de SEO. O que é bom, pois isso não quer dizer que o Google é contra o SEO, mas sim contra as otimizações feitas com interesse em posicionar um site que “não merece” aquela posição para determinado conteúdo.

Para concluir, acredito que tenha esclarecido um pouco sobre o que é SEO e dado uma noção sobre como ele funciona.

Nesta coluna falarei sobre ações e técnicas a serem seguidas dentro dos principais fatores, a fim de orientar melhor sobre como trabalhar um site para obter melhores posições nos resultados de busca e assim ser encontrado com mais facilidade pelos clientes e consumidores.

Caio Monteiro é diretor de mídia e métricas da ContraMestre Agência Digital, onde atende e coordena a atual campanha de comunicação digital da dupla Victor e Leo. Especialista em SEM (Search Engine Marketing) e em lojas-virtuais, trabalha com SEO e com as ferramentas Google há vários anos. É graduado em Publicidade e Propaganda com MBA em Gestão de Marketing pela ESAMC, possui extensão em Marketing de Serviços pela ESPM-SP e em Planejamento de Mídia em Meios Digitais pela Jump Education.