A importância das redes sociais para os CIOs

Por Redação

Muito se fala na mídia sobre o poder das redes sociais para os executivos. Seja como uma maneira de observar de perto o que os consumidores estão falando sobre determinado produto ou perceber tendências e ideias crescentes para tomada de decisões, sites como o Twitter e o Facebook são apenas as principais ferramentas para quem quer ter um relacionamento próximo com os clientes.

Quando se fala especificamente dos CIOs, a ideia recorrente é que os serviços online servem para que o executivo perceba como determinados produtos ou práticas estão cotadas na opinião pública. Ao escrever sobre isso para a Forbes, porém, o especialista Howard Baldwin decidiu ir além do usual.

Para ele, um dos conceitos básicos das redes sociais é o compartilhamento de informações que, sem elas, não estariam disponíveis ao público. Sendo assim, ele enxerga os serviços com uma camada de honestidade e acredita que, além do marketing e análises simples, os sites também podem servir como importantes ferramentas também para gerenciamento interno. Confira as dicas:

Contrate as pessoas certas

LinkedIn

Em uma constatação que chega até a parecer óbvia, Howard sugere o LinkedIn como uma ferramenta para encontrar a equipe correta para o trabalho. Aqui, porém, a ideia é aproveitar ao máximo os filtros disponíveis na rede social para localizar os maiores especialistas em determinadas tecnologias, em vez de simplesmente se ater ao currículo geral dos possíveis candidatos.

Selecionar pessoas a partir de empregadores anteriores, habilidades ou conhecimento em determinados aspectos pode ser essencial. Além disso, é necessário dar uma atenção especial aos objetivos de cada um, uma maneira interessante de descobrir gente que sabe falar sobre si e esteja determinada a alcançar seus objetivos.

Crie comunicação interna

A ideia, aqui, é criar uma espécie de caixa de sugestões para que os funcionários sugiram mudanças ou exibam problemas que atrapalham o trabalho. Tudo, claro, de forma tecnológica. Ferramentas como o Yammer ou o Chatter são citadas para esse fim, pois também permitem a criação de grupos ou salas de bate papo onde os funcionários podem conversar e discutir sobre os assuntos pertinentes à empresa.

Além disso, sites desse tipo servem como uma forma de compartilhar conhecimento. Muitas vezes, problemas de um setor poderiam ser facilmente resolvidos com a experiência de alguém que trabalha em outro. Por qualquer motivo, porém, tal funcionário acaba não tendo acesso à demanda e, sendo assim, fica impossibilitado de ajudar.

Tal procedimento também acabaria com a necessidade de se criar um grande banco de dados de conhecimento interno, por meio de Wikis ou sites do tipo. Incentive os funcionários a compartilharem suas dificuldades e experiências, de forma a tornar todo o processo muito mais coeso.

Conheça problemas comuns

Twitter

A previsão e prevenção de problemas é um dos principais problemas do profissional de TI, e também um de seus maiores desafios. Analisar rapidamente as mensagens de consumidores na internet ou observar o que se fala sobre determinadas soluções utilizadas pela empresa podem ser maneiras interessantes de entender o que está acontecendo e se preparar para eventuais falhas.

Acompanhar as postagens no Twitter ou criar emails para reclamações de consumidores estão entre as maneiras simples de se obter feedback sobre as soluções da empresa, ou aquelas usadas por ela. Além disso, tais mensagens também permitem um repasse rápido de informações para os setores responsáveis, agilizando o processo de solução.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.