54% das empresas não permitem o uso de dispositivos pessoais para trabalhar

Por Redação | 30.05.2014 às 16:19

O Índice Qualcomm da Sociedade da Inovação (QuISI), um estudo realizado pela Convergência Research para compreender o grau de adoção, assimilação e uso de novas tecnologias na sociedade, divulgou recentemente que 54% das grandes empresas ainda não aderiram ao "Bring Your Own Device" (BYOD), ou "Traga seu próprio dispositivo".

A tendência americana começou quando várias empresas dos Estados Unidos perceberam que seus funcionários estavam levando os próprios dispositivos móveis para auxiliá-los no trabalho. Apesar do alto índice de rejeição apresentado pela pesquisa mundial, 13% das companhias brasileiras afirmaram que planejam integrar a política BYOD à sua empresa até o final de 2015. A pesquisa apontou ainda que:

  • 3% das empresas permitem que os funcionários usem dispositivos pessoais e instalem aplicativos corporativos neles;
  • 3% permitem que os funcionários usem dispositivos pessoais e instalem aplicativos corporativos neles, apenas se usarem as devidas configurações de segurança;
  • 27% permitem que os funcionários usem dispositivos pessoais, mas sem instalar aplicativos corporativos neles.

A segunda fase de pesquisa da Convergência Research está avaliando "As Empresas e a Internet de todas as coisas".