Xbox 360 completa 10 anos; veja os jogos inesquecíveis

Por Redação | 23 de Novembro de 2015 às 10h30
photo_camera Divulgação

Até parece que foi ontem que o Xbox 360 chegou às lojas. No entanto, o console acaba de completar 10 anos desde seu lançamento e mostra não só como o tempo passa voando, mas também como a gente se acostumou a ver a Microsoft como parte crucial do mercado de games, mesmo que nem sempre tenha sido assim. Ainda que o sistema não tenha sido a sua primeira investida dentro do mundo dos jogos, foi somente em 2005 que a empresa acertou a mão e conseguiu, enfim, bater de frente com a Sony e criar uma competição que perdura até hoje.

E uma das principais razões para isso foi exatamente a facilidade que muitos programadores tiveram na hora de desenvolver seus jogos. Com o PlayStation 3 apostando em uma arquitetura complexa, o processo de criação ficava muito caro e complicado, o que fez com que o Xbox 360 virasse a menina dos olhos de muitos estúdios. Tanto que vários jogos do início da geração passada tinham um desempenho bem melhor na caixa da Microsoft do que no PlayStation. É o caso de Bayonetta e Red Dead Redemption, apenas para citar alguns exemplos.

Além disso, o console ainda representou uma enorme revolução em outros sentidos. Foi ali que a sua fabricante introduziu o sistema de conquistas que logo se expandiu para as concorrentes e a Live cresceu, ganhou forma e virou um dos grandes diferenciais do console graças à qualidade do serviço. Isso sem falar do próprio Kinect, que veio para revolucionar o mercado ao tornar possível controlar qualquer game sem qualquer tipo de controle. Era o futuro que todos esperavam — ainda que o acessório nunca tenha sido usado para algo além de jogos de dança.

Xbox 360

Contudo, a história do Xbox 360 não é feita apenas de louros e sucesso. Na verdade, ela já começou bastante conturbada. Lançado quase que às pressas, o console chegou às lojas com um problema de superaquecimento que deu origem às chamadas Três Luzes da Morte, ou apenas 3RL. Por conta das altas temperaturas, alguns componentes do aparelho simplesmente fritavam e o videogame ficava inutilizado — algo que deu muita dor de cabeça e prejuízo tanto para consumidores quanto para a própria Microsoft.

Assim, para celebrar essa década de vida, nada melhor do que relembrar alguns dos maiores e melhores games do console. Confira alguns dos títulos mais emblemáticos da aniversariante.

Halo 3

A saga de Master Chief é um dos grandes símbolos da Microsoft como um todo, mas Halo 3 pode ser considerado um dos mais importantes games do Xbox 360 exatamente por ter sido o fechamento de toda uma trilogia. Foi nele que vimos a Bungie concluindo tudo aquilo que tínhamos visto até então e, para muitos fãs, foi uma enorme emoção ver aqui que muitos acreditavam ser o adeus do herói mascarado. Mas o sofrimento não durou muito, já que Halo: Reach e ODST chegaram pouco tempo depois para mostrar que a Bungie ainda tinha algumas histórias para contar.

Halo 3

Além disso, Halo 3 também se transformou em um dos primeiros memes brasileiros, ao lado de Call of Duty 4. Não é mesmo, Daniela? Halo 3. Ha-lo 3.

Gears of War 2

Outra franquia bem importante para o Xbox 360 é Gears of War. Desenvolvido pela Epic Games e com protagonistas assustadoramente desproporcionais à anatomia humana, o jogo é um marco dentro da indústria por ter sido o responsável pelo chamado cover system, o famoso "jogo de murinho". A fórmula nasceu ali com Marcus Fenix e logo se espalhou em infinitos outros games.

Gears of War Ultimate Edition

E o segundo capítulo da série é o mais icônico pelo simples fato de ter conseguido expandir a trama em vários sentidos, aprofundando a relação entre os personagens e o próprio passado daquele universo. Isso sem falar do multiplayer melhorado e que definiu o que seria a franquia daquele momento em diante.

Forza Motorsport 4

Depois de anos tendo Gran Turismo como a única alternativa aos simuladores de direção, a Turn10 trouxe ao Xbox um concorrente à altura. No entanto, foi com Forza Motorsport 4 que a franquia chegou ao seu auge no Xbox 360 e trouxe também o verdadeiro potencial da plataforma. O jogo pegou tudo aquilo que havia dado certo no seu antecessor — com destaque à personalização — e melhorou em vários níveis, da jogabilidade aos incríveis visuais. Era impossível não ficar de boca aberta enquanto acelerava pelas várias pistas ao redor do globo.

Forza Motorsport

Fable 2

Ainda que Fable não tenha nascido no Xbox 360, o seu segundo game mostrou aos fãs de RPG que o console também tinha espaço para o gênero e serviu também para abrir os olhos do público para o que vinha sendo feito no estilo aqui no Ocidente. Depois de anos de Final Fantasy, Dragon Quest e um domínio japonês dentro do gênero, a Microsoft conseguiu dar uma cara diferente a esse universo fantástico ao jogar as consequências de cada escolha no colo do jogador — e isso é algo que vemos sendo replicado até hoje.

Fable 2

Call of Duty 4: Modern Warfare

Ok, esse não é um exclusivo do Xbox 360, mas ele está diretamente ligado à história do console — e não apenas pelo famigerado vídeo de Halo 3. O primeiro Modern Warefare foi o responsável pela popularização dos FPS nos últimos anos e tudo graças à plataforma online da Microsoft. A Live sempre esteve um passo à frente da PSN e isso fez com que milhares de pessoas corressem para ela quando o assunto era multiplayer. Não foi à toa que a Activision se aliou à Microsoft para fazer com que o Xbox fosse o console principal da série Call of Duty por um bom tempo.

Call of Duty 4

Só isso?

É claro que, ao longo dessa década, a Microsoft colecionou outros sucessos, mas listamos aqui apenas alguns dos mais marcantes deles para mostrar o quanto o Xbox 360 foi importante e em tão pouco tempo. Assim, se você também tem histórias ligadas ao console ou quer apenas compartilhar seu Top 5 títulos, sinta-se à vontade para fazer isso nos comentários abaixo.

O importante disso tudo é ver esse legado para imaginarmos o que está por vir. O Xbox One também fez aniversário nesse último fim de semana e, mesmo com apenas dois anos completados no último dia 22, ele já começa a dar sinais de que tem tudo para ser melhor do que seu antecessor. Ainda é cedo para dizer isso, mas a promessa é boa. Quem sabe, daqui a alguns anos, a gente volte para rever isso.