Vídeo mostra que tudo pode ser hackeado em Watch Dogs 2

Por Redação | 30.08.2016 às 13:55
photo_camera Divulgação

A Ubisoft segue apostando alto em seu novo Watch Dogs 2. O game chega aos consoles no próximo mês de novembro com a promessa de corrigir todos os problemas do game original, entregando tudo aquilo que nos foi prometido da primeira vez. E, para mostrar que, desta vez, as coisas são reais, a empresa vem trazendo uma série de vídeos que mostram o que os jogadores poderão fazer.

Tanto que o novo vídeo de jogabilidade divulgado pelo estúdio traz nada menos do que 20 minutos de ação. Apresentado pelo diretor de animação Colin Graham, a demonstração mostra um pouco do mundo aberto do jogo e das possibilidades existentes nele. E, como não poderia deixar de ser, esse passeio pela San Francisco do game serve exatamente para mostrar como praticamente tudo poderá ser hackeado pelo jogador. De celulares de pedestres a uma invasão completa ao sistema de bordo de um carro, o protagonista Marcus Holloway tem o mundo ao alcance de seu smartphone.

Isso é claramente uma resposta a uma das principais críticas do primeiro Watch Dogs, cuja proposta era trazer um mundo todo hackeável, mas que se revelou bastante limitado. Diante disso, a Ubisoft decidiu expandir as possibilidades e fez com que seu novo protagonista tivesse muito mais controle sobre o ambiente ao seu redor. Desse modo, o jogo conta com um modo ampliado de invasão, oferecendo mais opções ao jogador para interagir com esses elementos. Prova disso é o próprio ataque aos veículos, no qual Marcus passa a ter controle total sobre o automóvel, podendo dirigi-lo remotamente — o que oferece muitas possibilidades estratégicas nas missões, por exemplo.

O vídeo ainda apresenta outras maneiras de usar as habilidades hacker do herói para complementar a jogabilidade. Ele pode sabotar geradores para transformá-los em armadilhas, explodindo caso um inimigo se aproxime. Além disso, Marcus conta ainda com uma série de pequenos gadgets que dão mais mobilidade e permitem abordagens diferenciadas na hora de invadir um lugar altamente vigiado. Ele pode enviar um drone para carregar uma bomba pelos céus ou registrar tudo a partir de um pequeno robô controlado remotamente.

Apesar da demonstração não trazer nenhuma novidade — na verdade, trata-se da mesma apresentação mostrada à imprensa durante a última E3 e você pode conferir nossas impressões aqui —, ela é uma excelente notícia para quem está esperançoso com Watch Dogs 2. A Ubisoft realmente parece ter aprendido com as críticas feitas ao primeiro jogo e segue se empenhando para que nada daquilo se repita. Tanto que todo o material apresentado está rodando em um PlayStation 4 — algo destacado pela empresa para acabar com o medo de downgrade.

Watch Dogs 2 chega ao PlayStation 4, Xbox One e PC no dia 15 de novembro.

Via: Ubisoft (YouTube)