Super Mario Odyssey vai aposentar o conceito de Game Over

Por Redação | 06.07.2017 às 09:11

Não há dúvida de que Super Mario Odyssey já é uma revolução dentro dos jogos do bigodudo. O simples fato de o personagem compartilhar um mundo com pessoas normais já é algo diferente de tudo aquilo que os games anteriores já apresentaram. No entanto, parece que as quebras de paradigmas não param por aí e a Nintendo tem outras mudanças significativas em sua manga. No caso, é o fim do Game Over.

Como a própria empresa confirmou em seu perfil no Twitter, a morte não é o fim do Super Mario Odyssey. Isso porque, ao contrário de todos os jogos anteriores, não há mais vidas para coletar e, consequentemente, nem uma tela de Game Over. Dessa forma, quando o jogador falha em alguma tarefa, acaba perdendo algumas moedas. Basicamente, errar vai custar ao bolso do herói.

Segundo a Nintendo, cada morte significa perder 10 moedas de ouro. E, mesmo que a quantidade de dinheiro carregado pelo personagem zere, o jogo não será interrompido. Em sua publicação, a empresa diz que não haverá um Game Over mesmo nessas situações mais críticas para que as pessoas possam aproveitar e explorar o novo game sem preocupações.

E, por menor que pareça ser essa mudança, a verdade é que ela é uma ruptura enorme com tudo aquilo que Mario sempre foi. Ao longo dos seus mais de 30 anos de existência, a jogabilidade dos games do personagem sempre trabalharam com essa ideia de tentativa e erro com um contador de vidas pressionando o jogador. Porém, parece que a Nintendo quer acabar com isso exatamente para dar mais liberdade para quem está no comando.

Como o mundo de Super Mario Odyssey parece ser muito maior do que o dos jogos anteriores, eliminar essa restrição de vidas é permitir que o jogador possa, de fato, explorar e experimentar novas possibilidades sem o medo ter que fazer tudo de novo no caso de um fracasso.

De qualquer forma, é uma adição que torna o novo game ainda mais interessante. Super Mario Odyssey chega ao Switch no dia 27 de outubro.

Via: Nintendo (Twitter)