Sony quer ter mais de 60 milhões de PlayStation 4 no mercado até abril de 2017

Por Redação | 24 de Maio de 2016 às 09h40
photo_camera Divulgação

O PlayStation 4 se provou realmente uma máquina de imprimir dinheiro para a Sony. Três anos depois de seu lançamento, o console consegue continuar sendo um dos carros-chefes da empresa e apresenta um ritmo de crescimento contínuo. Tanto que, durante a sua última apresentação de relatórios fiscais a investidores, a fabricante japonesa disse acreditar que o videogame tem potencial de vender mais 20 milhões de unidades até o próximo dia 31 de março de 2017, quando termina o atual ano fiscal.

Para um sistema que já possui uma base de 40 milhões de usuários em todo o mundo, essa projeção é bastante ousada. Desse modo, com apenas três anos de mercado, a Sony espera que o PS4 ultrapasse a marca dos 60 milhões de consoles vendidos. O seu antecessor, o PS3, conseguiu vender 80 milhões em sete anos — o que mostra o quanto a atual geração está sendo lucrativa para a companhia.

Assim, não é difícil duvidar dos analistas, que, no início de 2016, afirmaram que o PlayStation 4 iria encerrar o seu ciclo de vida com mais de 100 milhões de unidades vendidas. De acordo com a japonesa, a expectativa é que o ano fiscal que encerra no próximo mês de março apresente um crescimento geral de 8,3% nas vendas em relação ao ano passado. E esse aumento vai se dar tanto pela venda de consoles quanto de jogos.

PlayStation 4

E é aqui que a gente começa a especular. Primeiro, a Sony não tem mais grandes jogos engatilhados para justificar esse crescimento expressivo. Há, é claro, alguns exclusivos já apresentados — como The Last Guardian e Horizon: Zero Dawn —, mas esse otimismo todo pode estar relacionado a alguma surpresa que devemos ver na próxima E3. A principal expectativa está em um God of War 4, que teria sido revelado há algumas semanas a partir de imagens conceituais vazadas.

Outra possibilidade é o próprio lançamento da nova versão do PlayStation 4, o chamado PS4 Neo. Como dito, é muito difícil para um console de três anos manter esse crescimento, principalmente quando já conseguiu números expressivos. Assim, não seria estranho que todo esse otimismo estivesse relacionado ao lançamento de um hardware mais potente e que iria atrair a atenção de consumidores que já têm o PS4 atual — o que certamente iria ajudar a alcançar essas cifras tão azuis que a Sony apresentou.

De qualquer forma, isso tudo é apenas especulação. Como dito, ainda não há nada oficial e as únicas informações concretas aqui são os números apresentados. Porém, pode ser que a apresentação da Sony na E3, agendada para o próximo dia 13 de junho, nos ajude a entender como ela pretende vender mais 20 milhões de PS4 nos próximos 10 meses.

Via: Gamespot

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.