Sony pode ter iniciado desenvolvimento do PlayStation 5

Por Redação | 26 de Maio de 2015 às 14h03
photo_camera CNN

Sucesso de vendas, o PlayStation 4 se tornou a divisão mais rentável da Sony desde que foi lançado, no final de 2013. Mesmo com o bom desempenho do console nas lojas, a fabricante japonesa está de olho no futuro e, ao que tudo indica, já iniciou a criação de um novo aparelho de videogame.

Recentemente, a empresa publicou uma vaga de emprego temporário para programador de software sênior. De acordo com a descrição da oportunidade, a companhia está em busca de um profissional que vai "ajudar a Sony na criação de um jogo usado com propósito de pesquisa e desenvolvimento relacionados ao nosso sistema da próxima geração". A entidade pede que os candidatos tenham experiência na área, tendo trabalhado tanto com jogos da última quanto da atual geração, além de conhecimento do motor gráfico Unity.

Embora não especifique que tipo de "sistema" é esse citado na vaga de emprego, a empresa já pode estar pensando no sucessor do PS4, ou em um novo portátil para substituir o PlayStation Vita, ou ainda, pode se tratar de um dispositivo completamente inédito.

Além disso, a palavra "sistema" pode significar não apenas hardware, mas sim software. Um mês antes do PlayStation 4 chegar às lojas, Katsuhiro Harada, criador da série de games Tekken, sugeriu que o próximo console da Sony — no caso, o PlayStation 5 — não seria um aparelho físico, como esses que conhecemos hoje. A empresa investiria em uma única plataforma, possivelmente conectada à nuvem, em vez de um console propriamente dito, como um serviço semelhante ao Steam.

"O PS5 provavelmente não terá um console principal, mas apenas uma tela e controle. Então o que resta será apenas o nome do serviço. Ele poderia ser chamado apenas de 'PlayStation Network'. O Steam é uma plataforma estabelecida, mas não é um hardware. É o nome do serviço", comentou Harada. Vale lembrar que a Sony já testa algum tempo mecanismos baseados em computação na nuvem, entre eles o serviço de assinatura de jogos PlayStation Now.

Ainda é cedo para comentar sobre um possível sucessor do PS4, e dificilmente a Sony falaria de uma quinta versão de seu console de videogame. Contudo, é importante destacar que o desenvolvimento do PlayStation 4 começou logo após a chegada do PS3 às lojas, em 2006, e durou até a apresentação oficial do novo aparelho sete anos depois, no primeiro semestre de 2013. Apesar da criação de um console levar anos, é incerto prever quanto tempo levaria até vermos o PlayStation 5 — ou seja lá como se chamará o aparelho ou serviço.

Em todo caso, a Sony comemora o bom resultado de vendas e aceitação do público quanto ao PlayStation 4. Lançado em 15 de novembro de 2013, ele vendeu mais de 1 milhão de unidades nas primeiras 24 horas e, 16 dias depois, alcançou a faixa dos 2,1 milhões de consoles vendidos. Até dezembro daquele mesmo ano, a companhia chegou aos mais de 4 milhões de aparelhos comercializados nos continentes europeu, norte-americano, asiático e latino-americano, e em fevereiro chegou a 5,3 milhões de dispositivos vendidos.

Em menos de dois anos, já foram vendidas mais de 20 milhões de unidades do console, e a divisão PlayStation se tornou uma das mais lucrativas na história da companhia, mais até que a divisão de celulares e TVs.

Fonte: IBT

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.