Serviço online do Switch será mais barato que Xbox Live e PSN

Por Redação | 01.02.2017 às 17:44

Muitos fãs da Nintendo torceram o nariz quando a empresa japonesa anunciou que implementaria um serviço online pago - nos moldes da Xbox Live e Playstation Network - para suportar os recursos web de seu próximo console, o Switch. Entretanto, informações divulgadas pela Nintendo esta semana mostram que o serviço da Big N custará menos que os da concorrência.

A informação foi divulgada pelo presidente da Nintendo, Tatsumi Kimishima, à publicação japonesa Nikkei. Kimishima afirmou que o preço anual serviço online do Switch custará algo na faixa de 2 mil a 3 mil ienes - isso equivale a algo entre US$ 17 e US$ 27.

Em comparação com os serviços online da Sony e Microsoft, é um preço bem abaixo da concorrência. Tanto a Xbox Live quanto a PSN saem por US$ 60 ao ano. A favor deles, existe o fato que os usuários recebem acesso a games gratuitos todos os meses.

No caso do novo console da Nintendo, outros detalhes sobre os benefícios da assinatura não foram divulgados. Rumores chegaram a apontar que os jogadores poderiam baixar clássicos de consoles retrô na companhia todos os meses, um prazo de 30 dias para consumí-los, o que não agradou muito. No caso dos games "grátis" da concorrência, eles podem ser jogados ilimitadamente enquanto a assinatura estiver ativa - para isso, basta baixá-los durante o mês em que eles estiverem em oferta.

De qualquer forma, novas informações sobre os aspectos online do Switch deverão ser anunciados mais pra frente. O console chega às lojas no dia 3 de março, custando US$ 299. Entretanto, nos primeiros meses ele não contará com recursos online. Segundo a Nintendo, ele deverá estrear em algum ponto do segundo trimestre.

Apresentado como um console híbrido (portátil e de sala), o Switch pode definir o seu sucesso através de como ele se relacionar com o público de jogos online. Para isso, ele contará com títulos dedicados a fazer sucesso em eSports e multiplayer, como é o caso de Splatoon 2. Vamos ver como ela se sairá com isso.

Fonte: Gamespot