Sem cross-play, Bethesda diz que pode não lançar Elder Scrolls: Legends no PS4

Por Felipe Demartini | 14 de Agosto de 2018 às 10h57

A Bethesda ameaçou não lançar The Elder Scrolls: Legends no PlayStation 4 caso a Sony não modifique sua restritiva postura em relação ao cross-play. Em declaração à revista americana Game Informer, o vice-presidente da produtora, Pete Hines, afirmou que a conexão entre jogadores de diferentes plataformas é uma parte tão integrante do pacote que a companhia estuda não liberar o jogo para sistemas que não tenham suporte a esse tipo de coisa.

É uma mensagem clara à fabricante do PS4 e uma condição que o executivo chamou de “inegociável”. Segundo ele, o principal motivo para o uso dessa compatibilidade é a transferência de progresso, com a Bethesda não desejando lançar Legends em sistemas fechados, e sim permitir que o jogador comece o game em uma plataforma e continue em outra, mantendo sua evolução, conquistas, itens e tudo mais.

Além disso, é claro, o cross-play permite a jogatina entre usuários de diferentes plataformas, como o nome já indica. É um recurso disponível no PC, Nintendo Switch e Xbox One, funcionando em jogos de renome como Fortnite, Minecraft e outros, mas sempre deixando o console da Sony de lado, o que já gerou piadas e, de tempos em tempos, duras críticas. Mas nunca um ultimato como o dado pela Bethesda.

Na entrevista, Hines afirmou que a empresa já havia aceitado deixar o cross-play de fora de Fallout 76, seu novo título da série de renome, cuja mecânica é bem mais conectada. Entretanto, The Elder Scrolls: Legends é um card game com pegada móvel, aos moldes de outros grandes títulos do tipo, o que o torna feito sob medida para esse tipo de interconectividade.

Além disso, é claro, as declarações do executivo servem para que os donos do PS4 coloquem ainda mais pressão sobre a fabricante por causa do cross-play. Uma polêmica dessa categoria, por exemplo, surgiu durante a E3, com o lançamento de Fortnite para o Nintendo Switch e a descoberta de que contas de usuários usadas no videogame da Sony não poderiam ser usadas na plataforma – os usuários tinham a opção de iniciar um novo perfil ou desvincular a conta em um console para uso no outro.

Em declarações genéricas sobre o assunto, a marca japonesa afirma estar buscando soluções para a questão e nega que não está ouvindo os fãs. Entretanto, para a companhia, existem outros desafios, principalmente relacionados a modelo de negócios, que precisam ser levados em conta e entram no caminho da conectividade entre plataformas diferentes. Por enquanto, então, o PS4 continua fechado e a noção é de que isso não deve mudar tão cedo.

Enquanto isso, The Elder Scrolls: Legends já está disponível para PC, iOS e Android. O lançamento de uma versão para consoles está marcado para acontecer ainda neste ano para Switch e Xbox One – caso a Bethesda vá adiante com suas declarações, o PS4, também previsto originalmente, pode acabar ficando de fora.

Fonte: Game Informer

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.