Riot vence processo contra LeagueSharp e leva indenização de US$ 10 milhões

Por Redação | 06 de Março de 2017 às 14h21

A Riot Games, desenvolvedora do famoso game League of Legends (LoL), venceu um processo aberto em agosto do ano passado contra os donos do LeagueSharp, site que comercializava serviços ilegais do jogo, como informações secretas e otimização do gameplay do jogador para obtenção de vantagens que não existiriam por meios legais.

Depois de sete meses da ação, a Riot sai da disputa com US$ 10 milhões, proibindo judicialmente os fabricantes de software de fornecerem Script. A vitória também dá à Riot controle sobre seus sites. O LeagueSharp foi tecnicamente encerrado em janeiro, mas os termos do acordo só foram divulgados agora.

As reivindicações de Riot principalmente giravam em torno da crença de que as ferramentas do LeagueSharp violavam o Digital Millennium Copyright Act, contornando os mecanismos antifraude de League of Legends.

Para quem não sabe, o LeagueSharp basicamente fornecia aos jogadores de League of Legends um serviço botting que automatizava sua jogabilidade. Eles também cobravam dos gamers uma taxa de assinatura para manter seus bots em execução.

Fonte: (Via) Ubergizmo

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.