Remake de Crash Bandicoot é duramente criticado por produtor do game original

Por Redação | 08 de Dezembro de 2016 às 14h33

Exibido pela primeira vez no fim de semana da PlayStation Experience 2016, o jogo Crash Bandicoot: N. Sane Trilogy, exclusivo para PlayStation 4, é aguardado com entusiasmo pelos gamers de longa data. O pacotão que será lançado em 2017 trará o clássico Crash Bandicoot original, assim como as continuações Crash Bandicoot 2 e Crash Bandicoot 3: Warped, a trilogia original do marsupial que foi produzida pela Naughty Dog.

No entanto, apesar da euforia dos jogadores, o remake de Crash Bandicoot foi duramente criticado pelo produtor do game original para o PlayStation1, David Siller, que descreveu a nova trilogia remasterizada como um projeto ao estilo “Frankenstein”, e que a Activision deveria focar em algo novo, capaz de apresentar ideias inovadoras aos jogadores.
Em entrevista ao site Power Up Gaming, apesar de admitir que a Vicarious Visions, estúdio que desenvolveu o novo jogo, fez um bom trabalho no departamento gráfico, Siller diz que é preciso o mesmo para o gameplay, e não acredita que tenha sido a melhor opção por parte da Sony e da Activision.

"Após vinte anos, existem formas de melhorar o que já estava lá e apresentar uma melhor sensação, para complementar os visuais. Não é uma tarefa fácil e dou-lhes crédito por tentarem, mas qual seria o estúdio que recusaria isto, pois o potencial e lucro valem a pena," acrescentou o produtor.

Siller ainda comentou que faltou o remake trazer algo novo e inteligente, além de introduzir técnicas de jogo e reviravoltas de história muito mais interessantes. "Nunca deixem a audiência criar o jogo por ti! Surpreenda-os e conquiste-os", finalizou.

E você, já conferiu o trailer do novo Crash Bandicoot: N. Sane Trilogy para dar seus pitacos?

Fonte: Eurogamer