Project Cars não vai mais chegar ao Wii U

Por Redação | 21.07.2015 às 11:37

Não que seja uma grande surpresa, mas agora é oficial: Project Cars não chegará mais ao Wii U. E a razão para isso é exatamente aquela que todo mundo já imaginava: o game é simplesmente demais para o console aguentar.

A confirmação foi feita pela própria Slighty Mad Studios ao site Nintendo Life. Prometido para chegar à plataforma juntamente com as versões para PC, PlayStation 4 e Xbox One, a edição para o videogame da Nintendo atrasou e entrou em uma enorme novela repleta de problemas, principalmente por não conseguir suportar o visual e todos os elementos que o título carrega.

Na época, a produtora comentou que o game não conseguia manter uma taxa de quadros por segundo minimamente aceitável, rodando a míseros 23 fps — o que, para um jogo de corrida, deixava tudo em câmera lenta. E a situação ficou ainda mais complicada quando o estúdio levantou a possibilidade de, por conta dessas limitações técnicas, a única forma de fazer com que Project Cars chegasse a um console da Nintendo seria deixar o Wii U de lado para apostar no vindouro NX.

Project Cars

E o que parecia ser apenas uma suposição ficou ainda mais iminente com o anúncio de um Project Cars 2, já com a Big N de fora. Para muitos, essa já era a confirmação de que a Slighty Mad teria desistido da plataforma, o que se oficializou agora.

Segundo o chefe da empresa, Ian Bell, a situação de Project Cars no Wii U sempre foi em tom de incerteza, como um enorme talvez, e que ele nunca fez parte da meta original durante o período de arrecadação no World of Mass Development, onde o game foi financiado pela comunidade. E é aí que começa a polêmica.

Apesar de Bell dizer que a versão para Wii U sempre foi tratada apenas como uma possibilidade, não é isso o que se vê na página do crowdfunding. Qualquer um que entrar no site vai ver que a empresa sempre deixou bem claro que o título chegaria ao console em algum momento e que não há menção alguma ao fato de isso não ser uma certeza.

E é certo que muita gente apoiou o projeto esperando ver os carros acelerando no GamePad, já que a campanha de Project Cars começou ainda em 2011, ou seja, antes do lançamento do Wii U e da decepção com seu hardware pouco potente.

Project Cars

Assim, por mais que o cancelamento do jogo fosse mais do que previsível, ainda é um grande golpe em quem acreditou na iniciativa e colaborou com ela à espera de seu retorno. E isso não põe em xeque apenas a credibilidade da Slighty Mad Studios, mas como de todo o sistema de crowdfunding. Com tantos jogos sendo prometidos nos Kickstarters da vida, não seria nenhuma surpresa ver um aumento na incredulidade das pessoas quanto a essas propostas tão ousadas.

Além disso, vale lembrar que o estúdio está juntando fundos para Project Cars 2 e essa notícia pode ter um impacto negativo nisso tudo.

Via: Nintendo Life