Pokémon GO tem potencial de gerar US$ 1 bilhão por ano

Por Redação | 12 de Julho de 2016 às 17h33

Pokémon GO já é um dos maiores jogos para dispositivos móveis lançados neste ano. Uma das principais características que tem feito o título ser um grande sucesso é o fato dele poder ser baixado gratuitamente, tanto para Android quanto para iOS. Apesar da gratuidade, os desenvolvedores têm conseguido fazer dinheiro com o aplicativo graças às compras dentro do aplicativo, que incluem obtenção de itens para facilitar a busca por novos Pokémon, por exemplo.

Embora não se tenha números oficiais sobre quanto de dinheiro o Pokémon GO levantou até agora, a empresa de análise de aplicativos App Annie realizou uma estimativa que afirma que o jogo pode fazer US$ 1 bilhão por ano somente através das compras dentro do app. A empresa deixa claro, porém, que para isso é necessário que a Niantic, desenvolvedora do game, consiga disponibilizar atualizações constantes para o aplicativo e o mantenha longe de problemas de desempenho, especialmente relacionados à conexão e servidores.

A App Annie também explica que Pokémon GO ainda carece de funcionalidade sociais e características PVP, que permite que os jogadores possam jogar um contra os outros, tornando o game mais dinâmico ao invés de permitir que eles apenas capturem Pokémon.

Os excelentes números que Pokémon GO conquistou até agora têm valorizado de maneira impressionante as ações da Nintendo. Nesta segunda-feira (11), a empresa japonesa teve alta de 25% nas ações nos Estados Unidos. Além disso, o sucesso do jogo elevou o valor da Nintendo em US$ 7,5 bilhões em apenas dois dias.

Aplicativos que possuem muito mais tempo no mercado, como é o caso do Tinder, já ficaram para trás. O app de relacionamentos, por exemplo, está presente em 2% da base de usuários do Android, enquanto o game da Nintendo já alcançou 5%. O crescimento impressionante de adeptos do Pokémon GO ameaça até mesmo o Twitter, que é utilizado diariamente por 3,5% dos usuários Android, enquanto o jogo dos monstrinhos já atinge 3%.

Via MCV

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.