Pokémon GO chega aos smartphones para transformar você num treinador de verdade

Por Redação | 10 de Setembro de 2015 às 11h16

Todo mundo esperava que, em comemoração aos 20 anos da franquia Pokémon, a Nintendo anunciasse um novo jogo da série para o 3DS ou mesmo a aguardada versão para Wii U. No entanto, qual foi a surpresa ao ver que o game que vem para marcar as duas décadas de Pikachu está longe dos consoles, mas em seu smartphone e também no mundo real? E o mais impressionante é que a ideia é realmente sensacional.

Batizado de Pokémon GO, o novo título está sendo desenvolvido em parceria com o Google Niantic Labs e traz a mesma lógica dos jogos clássicos para fora dos consoles. Conforme detalhado pela Nintendo, o título vai permitir que os jogadores se transformem de verdade em treinadores, podendo capturar, trocar e batalhar em lugares reais do mundo.

Para isso, o game utilizará o sistema de localização do seu smartphone — e é aí que entre a parceria com a divisão de geolocalização do Google. No entanto, ao contrário do que o trailer dá a entender, não se trata de algo com realidade aumentada, mas de usar dados reais que vão influenciar o que acontece no jogo.

Segundo a Nintendo, a ideia é exatamente fazer com que as pessoas explorem o mundo ao redor delas, indo além daquilo que é exibido na tela de seu celular. Assim como vimos por duas décadas no Game Boy, DS e 3DS, a proposta é fazer com que os aspirantes a treinadores vasculhem sua vizinhança em busca de um Pokémon selvagem que se esconde por ali.

Além disso, Pokémon GO contará com um acessório especial feito para aprofundar essa experiência. Batizado criativamente de Pokémon GO Plus, trata-se de um pequeno dispositivo capaz de executar algumas tarefas básicas dentro do game, como capturar um dos monstrinhos encontrados.

O periférico funcionará a partir de uma conexão Bluetooth, comunicando-se diretamente com o smartphone. E, mais do que fingir que você tem uma Pokébola em mãos, ele serve também para alertá-lo de que há um Pokémon por perto. Assim que ele começar a piscar e vibrar, pode ter certeza de que você está prestes a entrar em uma batalha.

Pokémon GO chega no ano que vem para iOS e Android e será distribuído gratuitamente em suas respectivas lojas — o que nos leva a crer que a compra de Pokébolas, poções e outros itens necessários para sua jornada vão ser baseadas em microtransações.

Pokémon Go

E, apesar disso ser uma questão bem delicada, a proposta em si é bastante promissora. É claro que o trailer liberado romantiza muito o gameplay, mas é possível ter uma noção rápida de como vai funcionar a jogabilidade do título. E parte disso está no fato de que o diretor da série Pokémon, Junichi Masuda, está envolvido no projeto para garantir que a essência dos games seja mantida.

Além disso, ao que tudo indica, Pokémon GO não faz parte dos cinco jogos que a Nintendo havia prometido para smartphones no início do ano. Na época, esse anúncio se referia apenas aos títulos desenvolvidos em parceria com a DeNA e a chegada de Pikachu e companhia parece ser algo independente disso.

De qualquer forma, vale a pena ficar de olho. Afinal, depois de tantos anos se negando a partir para o mercado móvel, a Nintendo parece ter tomado gosto pela coisa e segue trazendo títulos bem interessantes. Por mais que Pokémon GO não seja nada do que o trailer nos apresenta, só aquela luta entre Pikachu e Mewtwo no finalzinho já valeu a infância de todo mundo.

Via: Nintendo (YouTube), All Games Beta

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.